PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Justiça dá 15 dias para Piauí se manifestar sobre processo de Melhem

 Marcius Melhem em entrevista exclusiva ao UOL - Reprodução/YouTube
Marcius Melhem em entrevista exclusiva ao UOL Imagem: Reprodução/YouTube
do UOL

Marina Marini

Do UOL, em São Paulo

25/01/2021 10h17

A Justiça de São Paulo definiu que, no momento, não haverá audiência de conciliação no processo movido por Marcius Melhem contra a Piauí, e deu 15 dias para a revista se manifestar sobre o caso.

A decisão não afeta as partes da ação, já que a sessão poderá ser realizada em qualquer fase do processo.

Procurada pela reportagem, a defesa de Marcius Melhem explicou que a Justiça apenas entendeu que não é necessária a audiência durante esse período concedido à revista Piauí.

"Tendo em vista as especificidades deste litígio, deixo de designar a audiência de conciliação, reservando a momento oportuno a análise da conveniência da audiência de conciliação e do mútuo interesse das partes. Não há prejuízo às partes tendo em vista que a conciliação pode ser realizada em qualquer fase do processo", diz o auto.

Os processos foram protocolados em meio às acusações de assédio contra o ex-diretor da área de humor da TV Globo, que foram divulgadas detalhadamente pela reportagem da revista Piauí. A defesa do humorista também entrou com uma ação de indenização por danos morais e materiais contra Dani Calabresa.

Além da revista e de Dani Calabresa, também foram movidas ações contra Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marcos Veras e Felipe Castanhari.

O UOL teve acesso aos autos e, em todos eles, o advogado de Melhem pede indenizações e retratações públicas.

Com um pedido de R$ 200 mil, a revista Piauí foi acusada por danos morais, ofensa à honra e manipulação dos fatos.

Relembre o caso

A publicação de uma reportagem da revista Piauí que detalhou os supostos assédios do ex-diretor área de humor da Globo contra atrizes da emissora foi responsável por trazer o assunto de volta à tona.

Dani Calabresa, principal vítima relatada na matéria, recebeu inúmeras mensagens de apoio de outros famosos nas redes sociais.

Já a Globo disse 'não tolerar comportamento abusivo' após denúncias contra Marcius Melhem.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado antes, a audiência de conciliação não foi adiada pela Justiça de São Paulo. A informação foi corrigida.

Entretenimento