PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Cauã Reymond diz que comeu peixe de aquário em festa na infância, por birra

Cauã Reymond no programa "Que História É Essa, Porchat?" - Reprodução/TV Globo
Cauã Reymond no programa "Que História É Essa, Porchat?" Imagem: Reprodução/TV Globo
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/12/2020 06h41

No programa "Que História É Essa, Porchat? que foi ao ar na noite de ontem, Cauã Reymond contou um episódio da sua infância em que comeu um peixe em uma festa de aniversário, por não poder comer os salgadinhos do evento.

"Quando eu tinha sete para oito anos, a minha mãe era macrobiótica e eu não podia comer brigadeiro, não comia açúcar. Aí ela me levou numa festa de criança e eu fui ficando deprimido [por não poder comer]", disse o ator, explicando o contexto.

"E eu ficava com fome, com inveja dos coleguinhas... Eu não comia nada. Aí eu fiquei zanzando na festa e eu vi um aquário. E tinha um peixe dourado no aquário. Eu olhei para o aquário, o aquário olhou para mim... Comi o Nemo", contou Cauã, arrancando risadas da plateia.

O ator contou que depois disso a mãe deixou que ele comesse brigadeiro.

Ele revelou ainda que quando criança fugiu da escola e foi parar dentro do depósito de uma fábrica de refrigerantes.

"A gente também organizou uma fuga num caminhão de refrigerante e todo mundo fugiu. Dez crianças fugiram, no caminhão. Era recreio, os caras levaram os engradados de refrigerante e aí esse meu amigo falou: 'Vamos entrar no caminhão e fugir' e eu falei: 'Genial'. Aí dez crianças foram e a gente parou na fábrica, no depósito".

Entretenimento