PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Viviane Araújo perde processo contra ex-marido Radamés e Caroline Furlan

Ela pedia indenização de R$ 30 mil por danos morais e retratação de Caroline Furlan - Reprodução/Instagram
Ela pedia indenização de R$ 30 mil por danos morais e retratação de Caroline Furlan Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

03/12/2020 20h38

O TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) julgou improcedente o processo de danos morais movido por Viviane Araújo contra o ex-marido, Radamés Martins, e a mulher dele, Caroline Furlan.

Ela pedia indenização de R$ 30 mil por danos morais, e ainda pode recorrer da decisão.

A disputa judicial começou em maio, quando uma reportagem relembrou o acordo judicial feito entre Viviane e Radamés, no qual ela teria pagado R$ 400 mil ao ex-marido — referente à metade do valor de um apartamento que eles compraram juntos no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio.

Na época, Caroline disse nas redes sociais: "Estou de saco cheio, simplesmente. Cansei desse 'mimimi' todo de internet. Mas deixa, a verdade vai vir à tona, e eu quero ver onde esses fãs [de Viviane] vão enfiar a cara".

Viviane também exigia que a judoca se retratasse publicamente pelos comentários, em que também afirmou que ela "vive de mídia baseada em barraco".

Procurada pelo UOL, Caroline Furlan disse estar contente com o resultado:

Estamos muito felizes com o resultado, que demonstra que a Justiça verificou não ter havido nenhum ato ofensivo de nossa parte. Acredito na Justiça e no trabalho do nosso advogado. Restabeleceu-se a verdade dos fatos e por isso estamos muito felizes, tanto eu, quanto meu marido Radamés"

A reportagem também entrou em contato com representantes de Viviane Araújo, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Entretenimento