PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Brasileira diz que já 'ganhou' outros likes do papa e nega fazer pornô

Natalia Garibotto - Reprodução/Instagram
Natalia Garibotto Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

27/11/2020 14h33

A modelo brasileira Natalia Garibotto, que viralizou após ter uma foto sexy supostamente curtida pela conta oficial do papa no Instagram, contou hoje que é muito religiosa e, às vezes, vai à missa em Miami, nos Estados Unidos, onde mora.

Ela ainda afirmou que a conta oficial do maior símbolo da Igreja Católica já curtiu outros posts dela. Vale ressaltar que o "like" virou assunto no mundo inteiro após um print ter viralizado. Segundo uma agência de notícias católica, o Vaticano está investigando o caso.

"Eu sou uma pessoa religiosa. Todas as noites eu rezo, agradeço a Deus por tudo na minha vida. Eu acredito em Deus e acredito que ser uma pessoa boa faz coisas boas acontecerem. Sou católica e às vezes vou à missa com a minha mãe aqui em Miami", disse a modelo, em entrevista ao Extra.

Natalia não sabe o motivo que levou ao suposto like, justamente em uma foto em que ela estava fantasiada de universitária sexy. "Ele não deu like só para essa foto, ele também deu para outras fotos, algumas em que eu não aparecia tão pelada, e teve também um like para um vídeo. Mas essa foto pegou a atenção do mundo."

Ela admite que não conhece muito sobre o Papa Francisco, mas acredita que ele seja uma boa pessoa. "Eu sei que ele é um papa mais legal, que parece conhecer mais o mundo de hoje. E ele é argentino, como o meu pai."

Após o suposto like do papa, ela conseguiu mais de 400 mil seguidores no Instagram.

"Não faço pornô"

Natália esclareceu que não faz conteúdo pornô em seu site erótico — o que, inclusive, já deu muitos problemas com a mãe dela e a família no Brasil.

"Para esclarecer, acho a expressão 'conteúdo erótico' feia. Não faço pornô. Aqui nos EUA, ele é chamado de conteúdo exclusivo. Mas no meu site eu não apareço totalmente pelada, só seminua e em fotos de biquíni e de lingerie, para os fãs que queiram pagar US$ 14 [R$ 75] por mês", conta.

"Eles também podem conversar comigo por um chat. Faço isso há quatro anos. Além das assinaturas, ganho dinheiro de marcas de roupas que uso no site", acrescentou a modelo, que entrou neste mercado com fotos sensuais no Instagram.

Entretenimento