PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Luiza Ambiel abre o jogo: quem é falso, relação com Raissa e arrependimento

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Daniel Palomares e Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

30/10/2020 12h00

Luiza Ambiel deixou "A Fazenda 12" com status de vilã (ou protagonista?). Uma semana após a eliminação mais comentada da atual edição, a atriz revela uma lista de desafetos, fala da fama de fofoqueira e faz um balanço sobre a sua participação, com algumas críticas à edição.

A ex-peoa acredita que muito da interpretação do público sobre ela se deve ao programa, que em sua opinião deixou de mostrar cenas importantes e que explicariam algumas atitudes que, para a nossa diversão, incendiaram o feno.

Muita coisa não foi mostrada na íntegra, a provocação antes e o meu desfecho depois. Eu assistindo poderia ter a mesma ideia do público. Nunca fui provocar ninguém à toa, sempre estava na defensiva. Mas algumas vezes não foi mostrado.

Não tem sangue de barata

Ela não nega que se envolveu em muito bate-boca —até porque, está gravado!—, mas afirma que, se explodiu, foi porque não suportava mais.

"Discuti, mas também engoli muito sapo. Não mostra [na edição]! Várias vezes eu passava e escutava indireta. Quando começaram com aquela história de que eu era protagonista, percebi que eu estava na mira. Vou ser provocada e não vou falar nada?"

Quem é falso, Luiza?

A lista é extensa e ela, como não tem nada a esconder, seleciona a dedo quem vai citar.

"Essa falsidade é do jogo, mas eu não gosto. É dar tapinha nas costas, falar em nome de Deus? Falsos são Jakelyne, Mariano, Lidi, Lipe, Tays. Aquela turma da Jojo em geral, com exceção do Lucas."

Mariano e Jake

"É muito fake. A câmera está mostrando? 'Vamos dar beijinho'. Muito fake! Se vai longe no jogo não sei, mas é um casal fake!"

Raissa e borderline


"Não sabia da doença, soube lá, ela comentou. Não sei nem como agir. Não tinha conhecimento dos sintomas. A gente a tratava de igual para igual. Com Jojo, Mion, ela não tinha aqueles ataques, mas com outras pessoas sim."

Ela ainda questiona a decisão de Raissa de participar de "A Fazenda".

Achávamos que era tipo aquela criança mimada que não pode ser contrariada. Como uma pessoa tem uma situação dessas e vai para um reality show? Como a gente age? Fica parada esperando apanhar? É bem delicado.

Ser planta ou não ser, eis a questão...

Não esperava [a repercussão], mas falo o que penso. Não é a primeira vez que acontecem essas coisas comigo. Desde a época da banheira [do Gugu, quadro de que participava no SBT] sempre tive de me impor. Eu entraria no reality e seria uma planta ou viveria tudo intensamente? Seria eu! É o que a minha família e o meu público esperavam.

O que faria de diferente?

"Agiria no sentido de ter seguido minha intuição. Quando vi que a Stéfani ficava muito em cima do muro, deveria ter seguido minha intuição. À Raissa, não deveria ter me dedicado tanto. Quando eu precisei de apoio, não tive."

Um erro e um arrependimento

Errei em confiar demais, em me apegar demais, em me entregar demais. Em, às vezes, falar sem pensar. Mas isso tudo só quem está lá sabe o que é. A gente erra tentando acertar. Se me arrependo de algo? Talvez de ter chorado em aberto e não no privado.

Entretenimento