PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Ana Maria Braga revela briga com bispo que resultou em saída da Record

Ana Maria Braga no Roda Viva - Reprodução/TV Cultura
Ana Maria Braga no Roda Viva Imagem: Reprodução/TV Cultura
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/09/2020 23h13

Mais de duas décadas depois, a apresentadora contou detalhes de briga com o bispo Honorilton Gonçalves, ex-vice-presidente artístico da Record, e que culminou com a sua saída definitiva da emissora, em 1999.

"Eu tive uma briga com o bispo Gonçalves por conta de um pagamento. Ficamos chateados um com outro. Era sexta-feira à tarde. Ele me olhou e disse 'você não precisa voltar mais'. Eu falei, não quer que eu faço semana que vem? Ele falou, 'não'! Aí não voltei mais", relembrou ela, durante entrevista ao "Roda Viva", da TV Cultura.

Nascida em São Joaquim da Barra, no interior de São Paulo, Ana Maria Braga se tornou conhecida do grande público ao comandar o extinto "Note e Anote", da TV Record, entre 1992 e 1999.

Após divergências com a direção da emissora paulista, Ana Maria se transferiu para a Globo, onde apresentaria um programa de culinária direcionado ao público feminino, o "Mais Você". Primeiro, foi ao ar no período vespertino; depois passou para as manhãs.

Recentemente, Ana Maria Braga virou alvo de boatos de que estaria deixando a Globo e retornando para a antiga emissora, a Record, o que agitou as redes sociais.

Questionada, a apresentadora negou. "Eu tenho amigos em todas as emissoras do Brasil. Obviamente já recebi ao longo desses 20 anos umas perguntas assim: 'ah, o que precisaria para a gente trazer você para tal lugar?' Eu falo, olha, não preciso de nada, nem especule, porque o dia que estiver insatisfeita no lugar que estou, coisa que nunca acontece, voces serao os primeiros a saber, como aconteceu na Record"

Entretenimento