PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

'Não quero o que vem de um grosso', diz mulher que quebrou obra de Britto

Mulher que confrontou Romero Britto - Reprodução
Mulher que confrontou Romero Britto Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

15/08/2020 09h57

Após quebrar uma obra na frente do artista plástico brasileiro Romero Britto em Miami, a empresária Madelyne, que viralizou ontem e virou "ídola" de muita gente na internet, deu sua versão da briga em uma entrevista divulgada no Instagram.

Viu arrogância

Ela conta que chegou para trabalhar de manhã e encontrou um de seus empregados chorando, depois que Romero foi ao seu restaurante em Miami Beach, acompanhado de amigos, demonstrando uma atitude extremamente arrogante.

O brasileiro, que é frequente assíduo do local, que fica em frente a sua galeria, teria se recusado a olhar na cara de garçons e pedido para desligar a música, supostamente para evitar contato visual. A postura ofendeu a todos, especialmente Madelyne.

O restaurante Tapelia é uma família, nós trabalhamos em grupo, todos os funcionários. Se você fizer algo a alguma pessoa, nós vamos nos defender
Madelyne

A empresária explicou ainda que, depois de falar com o funcionário, foi até sua casa, pegou a obra dada de presente de aniversário pelo marido três meses antes e se dirigiu ao estúdio de Britto, quando realizava um evento de encontro com fãs.

A ideia era apenas devolver o objeto, que era assinado à mão e vale cerca de R$ 26 mil, mas ela foi além

Eu gostava do Romero Britto. Ele tem obras alegres. Mas eu disse: 'Eu não quero isso em minha casa' mais. Quando cheguei, eu não imaginava o que ia fazer, mas eu fui me indignando aos poucos

Ela continuou

Ele tem de ser humilde. Não pode deixar o ego subir à cabeça e ofender a pessoas que estavam trabalhando para ele ter uma mesa bonita e ser bem atendido. Ele não tinha que virar a cara

Ainda segundo a empresária, seu restaurante, aberto há oito anos, é um lugar de celebração. Clientes e funcionários têm a impressão de estar em uma festa. O bom humor é uma constante.

Falo de coração, se alguém mexer com minha família, eu faria de novo. Não disse nada de mau. Joguei o presente do meu marido, que custou US$ 5.000. Não sou milionária. Mas eu não quero na minha casa nada que vem de um grosseiro

Veja abaixo o vídeo na íntegra na discussão, que mostra ela chegando ao local

Romero Britto

Uma publicação compartilhada por Olé Olé And Tapelia (@oleoleandtapelia) em

Desconto no cafezinho

No vídeo completo acima, postado nas redes sociais, a empresária confronta Romero Britto e diz que ele reservou 20 lugares no restaurante só para tomar um café de oito dólares e ainda pediu desconto.

Para uma pessoa honesta e respeitável, você carece de humildade. Você entendeu? Por favor, eu exijo que você nunca mais vá ao meu restaurante", diz a dona jogando a obra de arte no chão: "E nunca mais ofenda a minha equipe. Nunca! Eu o respeitava como artista
diz Madelyne no vídeo

O UOL procurou Romero Britto, que vive em Miami, para comentar o ocorrido, e ele enviou uma nota alegando que o incidente teria ocorrido em 2017.

Veja o comunicado do artista brasileiro na íntegra:

O vídeo do incidente ocorreu em 2017 no qual todos podem ver que fui vítima de uma pessoa que foi a uma de minhas galerias de arte e quebrou uma escultura que havia ganhado. Uma peça pesada de porcelana que, ao quebrar em pedaços, poderia ter causado danos a mim, a ela ou a qualquer outra pessoa no local. É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente, há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro. Através da minha arte, meu propósito sempre foi o de levar alegria, amor e esperança a todos. Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar alguém. A internet é muitas vezes injusta e as pessoas não estão preocupadas com a verdade. Gostam de confusão, drama, negatividade, de julgar sem analisar os fatos. Vou continuar minha missão de alegrar o mundo, que como nunca precisa de mais amor, felicidade, esperança e otimismo

Entretenimento