PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Vivi Brunieri se prostituiu e morou com Ronaldo antes de filme pornô

Ex-Ronaldinha Vivi Brunieri - Reprodução/RedeTV!
Ex-Ronaldinha Vivi Brunieri Imagem: Reprodução/RedeTV!
do UOL

Do UOL, no Rio

12/08/2020 16h16Atualizada em 13/08/2020 12h45

A ex-Ronaldinha Vivi Brunieri, 44 anos, não vê problema em falar do seu passado. Ex-namorada de Ronaldo Fenômeno, ela já foi capa da "Playboy", atuou em filmes pornográficos, já se prostituiu, chegando a cobrar R$ 8 mil por um programa e admite que era viciada em drogas.

"A ressaca daquilo que você fez é terrível e dinheiro nenhum compensa aquilo que você está sofrendo, só que você já está envolvida e para sair é difícil", contou ela em entrevista ao "Superpop", da RedetV!.

Há mais de 10 anos ela diz que "aceitou Jesus", é evangélica, se formou em teologia e começou a pregar como missionária dando testemunho de sua história em igrejas evangélicas e em suas redes sociais.

Atualmente, ela trabalha como empresária. Nos últimos anos, Vivi morou um período no Japão e em Bali, na Indonésia, onde possui uma churrascaria e outros negócios.

Ela voltou ao Brasil esse ano e está morando em Florianópolis. Nascida em Peruíbe, litoral de São Paulo, Vivi tem dois filhos Kaito, 17 anos, e Manami, de 13, e se orgulha muito deles. No Instagram, ela faz postagens frequentes para eles, com direito a agradecimento.

Prostituição e namoro com Ronaldo

Aos 16 anos, Vivi começou a se prostituir no Japão, onde sua mãe morava. Aos 18, abriu sua própria casa noturna. Deixou de ser garota de programa antes de completar 20 anos - e voltou anos depois. Pouco tempo depois, de volta ao Brasil, ela conheceu Ronaldo Fenômeno em um flat da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

"Meu irmão, que estava no hotel comigo, falou 'Meu, é o Ronaldo! Ele vai ser o novo Pelé. É a maior promessa do futebol'. Acendeu aquela luz. Na hora só me lembrava da Xuxa, Adriane Galisteu [que namoraram atletas famosos]. Eu queria de qualquer jeito entrar no mundo artístico e vi que era uma oportunidade de sair da noite sem deixar de ter o mesmo padrão financeiro que eu já tinha. Esse era o caminho mais rápido", disse em entrevista ao UOL em 2017.

Ela admite que nunca amou o ex-jogador e falou que Ronaldo terminou o namoro após descobrir que ela era ex-prostituta. Vivi diz que por ser famosa, quando fechou o contrato de gravação de cinco cenas com a indústria pornô, ela ganhou cerca de R$ 500 mil.

Na ocasião, ela contracenou com um sósia de Ronaldo. "Não tem como fugir desse rótulo. Deus colocou o Ronaldo na minha vida, graças ao namoro eu fui capaz da revista 'Playboy', a maior revista do mundo", disse ela em 2008 no "Superpop", antes de se converter.

Ronaldinhas

Após o fim do namoro, Vivi aproveitou a fama e formou a dupla "As Ronaldinhas" com Nadya Franca. Na ocasião, ela voltou a se prostituir.

As duas se apresentaram em vários programas de TV, incluindo o infantil "Bom Dia & Cia", como pode ser visto no vídeo abaixo.

Em 2016, ela lançou o DVD "Prostituta Nunca Mais" com um testemunho sobre esse período.

Entretenimento