PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Comediante Carl Reiner morre aos 98 anos

30/06/2020 13h04

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - Carl Reiner, um dos pioneiros da comédia televisiva norte-americana e cocriador do "The Dick Van Dyke Show", morreu aos 98 anos.

"Ele faleceu ontem à noite aos 98 anos de causas naturais, em sua casa em Beverly Hills", disse à Reuters nesta terça-feira a assistente de Reiner, Judy Nagy.

A carreira de Reiner durou sete décadas e passou por todos os meios, do teatro a gravações para televisão e filmes, incluindo três colaborações com Steve Martin e o papel de um vigarista idoso em "Onze Homens e um Segredo".

Já na casa dos 90 anos, o comediante ainda realizou trabalhos de dublagem e teve uma participação-chave em "If You’re Not in the Obit, Eat Breakfast" ("Se você não está no obituário, coma o desjejum", em uma tradução livre), um documentário sobre pessoas que se mantiveram ocupadas na faixa dos 90 anos.

Reiner deixa três filhos, incluindo Rob Reiner, diretor de vários filmes de sucesso e conhecido por interpretar o genro de Archie Bunker "Meathead" na comédia de TV "Tudo em Família". A esposa de Reiner, Estelle, morreu em 2008.

Nos últimos anos, Reiner costumava brincar dizendo que ao acordar pela manhã checava o obituário e, se não estivesse nele, tomava o café da manhã.

Reiner estava ativo no Twitter. Seu último tuíte foi elogiar o dramaturgo e compositor britânico Noel Coward.

"Noel Coward foi o escritor mais prolífico de comédias musicais, peças de teatro, músicas e filmes", escreveu Reiner.

Reiner revelou a abordagem de seu trabalho em seu livro "My Anecdotal Life", quando disse: "Convidar as pessoas a rir de você enquanto você está rindo de si mesmo é uma boa coisa a fazer. Você pode ser um bobo, mas você é o bobo no comando."

(Reportagem adicional de Peter Szekely e Barbara Goldberg em Nova York)

Entretenimento