PUBLICIDADE
Topo

Morre a atriz Maria Alice Vergueiro, aos 85 anos

do UOL

Do UOL, em São Paulo

03/06/2020 12h47Atualizada em 03/06/2020 17h38

Morreu hoje em São Paulo a atriz Maria Alice Vergueiro, aos 85 anos. A artista, pedagoga e professora universitária estava internada na UTI do Hospital das Clínicas, na capital paulista, desde a última semana, com pneumonia broncoaspirativa. A morte foi confirmada pelo filho da atriz, Roberto Vergueiro, ao UOL.

Com mais de 50 anos de carreira, Maria Alice Vergueiro estrelou mais de 60 peças, filmes e produções televisivas. A atriz teve passagens pelo Teatro de Arena, Teatro Oficina e Teatro do Ornitorrinco.

Maria Alice também foi a estrela de um dos primeiros vídeos virais do Brasil: o curta "Tapa na Pantera", sobre piadas com maconha, feito sem querer pela dama do teatro e três estudantes de cinema —um deles era Esmir Filho, que viria a roteirizar e dirigir "Os Famosos e Os Duendes da Morte", vencedor de melhor filme do Festival do Rio de 2009, além de ter sido selecionado para o Festival de Berlim.

Apesar de ter feito a maior parte da sua carreira no teatro, Maria Alice conquistou espaço na televisão também. Em 1987, ela interpretou Lucrécia, em "Sassaricando".

Seu último trabalho na televisão foi em 2016, quando interpretou uma síndica maconheira em "Condomínio Jaqueline".

"Tapa na Pantera", vídeo de pouco mais de três minutos, foi parar no YouTube sem a permissão dos autores. No vídeo, Maria Alice fala que fumava maconha no cachimbo porque não fazia mal, o que fazia mal era o papel.

Em entrevista ao UOL em 2015, a atriz disse que não se importava de ser reconhecida pelo vídeo:

Eu adoro. Os jovens são muitos simpáticos. Eles vêm atrás de mim, mas não como iriam atrás de uma atriz de televisão. Eles vêm com o maior respeito, dizem que sou uma atriz do YouTube

Em 2003, Maria Alice descobriu que sofria de Parkinson, uma doença degenerativa do sistema nervoso central.

Entretenimento