PUBLICIDADE
Topo

Garoto comove falando de autismo no 'Caldeirão': 'Devemos ser incluídos'

O garoto Pedro Melim participa do quadro "Pequenos Gênios" do "Caldeirão do Huck" - Reprodução
O garoto Pedro Melim participa do quadro "Pequenos Gênios" do "Caldeirão do Huck" Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

23/05/2020 20h05

O menino Pedro Melim, de 12 anos, emocionou o público e internautas hoje ao participar do quadro "Pequenos Gênios" do programa "Caldeirão do Huck". No desafio "Triturador de Números", ele, que é autista, impressionou por sua incrível capacidade de resolver rapidamente operações matemáticas complexas.

Pedro, que tem um canal no YouTube em que aborda o assunto e também fala de ciências e história, comentou "sobre o que é (o autismo) e como é ser diferente nesse mundo". "As pessoas devem ser incluídas, porque são humanas", disse ele a Luciano Huck, pedindo a inclusão de autistas no meio social.

Luciano Huck entrevista mãe do menino Pedro - Reprodução
Luciano Huck entrevista mãe do menino Pedro
Imagem: Reprodução

Também entrevistada pelo apresentador, a mãe de Pedro, Priscila, explicou que o filho, considerado um grande presente, é portador de autismo de espectro leve. "Com dois anos, descobrimos que era autista. Logo descobrimos porque ele tinha habilidades que criança com dois anos normalmente não tem."

Nos desafios mostrados no "Caldeirão do Huck", gravado antes do período de quarentena, o apresentador convida crianças e famílias que valorizam a estudo, a educação e a inteligência para competirem em troca de prêmios, entre eles uma poupança no valor de R$ 40 mil.

Na mesma edição do programa, Luciano ainda atendeu ao desejo do menino Davi, que queria ter uma televisão para ver desenho animado no quarto dele, o que também emocionou o público e a mãe do "pequeno gênio".

Entretenimento