PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Vídeo: Com coronavírus, Luisa Mell pede socorro para ONG de animais

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

do UOL

Colunista do UOL

25/03/2020 00h18

Em vídeo, a apresentadora e defensora dos animais Luisa Mell, internada com o marido após ambos serem diagnosticados com coronavírus, pediu ajuda para não fechar seu instituto.

O Instituto Luisa Mell cuida hoje de mais de 300 animais abandonados.

O instituto já enfrentava sérios problemas financeiros e agora, com a pandemia, eles se agravaram.

Ela emprega 43 pessoas, entre funcionários —veterinários e tratadores. Do total de animais, mais de 30 estão em estado grave. Quase 5.000 animais da ONG já foram adotados desde sua fundação.

Para piorar, com a pandemia de coronavírus muitas pessoas desinformadas estão abandonando seus animais também, sobrecarregando ainda mais essa e outras entidades.

"Eu sei que tá num momento muito difícil pra todo mundo, mas tenho uma ONG enorme, cheia de animais, que dependem de mim, de vocês Eu não tenho como fechar o hospital, como fechar as ONGs, tenho dois abrigos lotados de cães e gatos? Eu imploro que vocês continuem ajudando", disse Luisa aos prantos.

Quem quiser colaborar, seguem as coordenadas:

ONG Instituto Luisa Mell (sem fins lucrativos)
Bradesco: Ag. 1974-7 Conta-corrente 288-7
Itaú: Ag. 0772 CC 09021-3
Banco do Brasil: Ag. 1817-1 CC 120.000-3
CNPJ 21.877.796/0001-35

Até esta terça (24) a pandemia (mundial) já havia matado 46 pessoas no Brasil.

Já há mais de 2.200 casos de contágio confirmados no país. Só em São Paulo morreram 40 pessoas.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Entretenimento