PUBLICIDADE
Topo

Primeiro-ministro do Canadá comenta mudança de Harry e Meghan para o país

Justin Trudeau, premiê canadense - Chris Wattie/Reuters
Justin Trudeau, premiê canadense Imagem: Chris Wattie/Reuters
do UOL

Do UOL

Em São Paulo

14/01/2020 12h31

Buscando independência financeira, o príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram que não mais "membros seniores" da famíliareal e devem se mudar para o Canadá. Agora, além do apoio da rainha Elizabeth, também receberam o suporte do primeiro-ministro do país, Justin Trudeau.

Em entrevista ao canal "Global News", ele afirmou que ainda há muito para ser discutido. "Ainda há muitas decisões a serem tomadas pela família real, pelos próprios Sussex", disse Trudeau.

E questionado sobre quem pagaria as despesas dos duques de Sussex, o primeiro-ministro respondeu: "Isso faz parte da reflexão que precisa ser feita e há discussões em andamento. Não temos muita certeza de quais serão as decisões finais, e essas são decisões para eles. Acho que a maioria dos canadenses apoia muito a presença da realeza aqui".

Meghan voltou ao Canadá para ficar com seu filho de oito meses, Archie. Ontem, a rainha Elizabeth concordou com o "pedido de transição" dos duques de Sussex. Mas, por enquanto, ainda há poucas informaçõe sobre como será a divisão de tempo do casal entre o Reino Unido e o Canadá.

Entretenimento