PUBLICIDADE
Topo

"Menti que não tenho depressão", diz Luisa Sonza em desabafo no Twitter

Luisa Sonza - Reprodução/ Instagram
Luisa Sonza Imagem: Reprodução/ Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL

13/12/2019 21h36

Em uma série de postagens feita em seu Twitter nesta sexta-feira, Luisa Sonza falou sobre saúde mental e confessou ter mentido sobre não ter depressão.

No longo relato, feito em uma série de tuítes, ela contou que tem dificuldades para se sentir bem. "Eu estou cansada de fingir ser forte para vocês. Eu não sou tão forte assim, e isso me frustra muito. Mas eu não quero ser vista desse jeito. Triste", escreveu em um trecho do desabafo.

Em setembro, ela já tinha feito comentários sobre depressão, visto que seu marido, Whindersson Nunes, passou por momentos complicados no começo deste ano e precisou até mesmo se afastar de suas atividades para dar atenção à saúde mental. Na época, ela publicou um tuíte que levantou suspeitas de que ela também estaria sofrendo com a doença. No entanto, negou.

Na ocasião, escreveu: "Só quero tranquilizar vocês sobre aquele tuíte e a repercussão. Está dando uma repercussão, amigos e fãs preocupados. Eu estou bem, não estou com depressão. Não quero que confundam uma doença séria com tristeza. Tristeza também é muito triste e faço terapia, me cuido. Se fico uma semana sem, começo a cambalear".

No entanto, ela diz, nas mensagens de hoje, que a situação é mais complicada. "Eu ando tendo que me esforçar mais do que nunca a não desistir de 'ser feliz' e ficar bem... E isso está me cansando. É uma merda. É uma merda você querer muito muito acordar feliz e simplesmente não conseguir. Não consigo mais ficar bem por muito tempo, e faz muito tempo que to assim, mas por diversas razões tenho que sempre 'segurar a barra' mas isso já me cansou, não aguento mais "ser forte" isso é uma merda", disse no começo do texto.

Em seguida, afirmou ter mentido para seus fãs: "Eu menti para vocês que não tenho depressão, menti que está tudo bem. Não está, faz tempo. E eu estou cansada de fingir ser forte pra vocês. Eu não sou tão forte assim, e isso me frustra muito. Mas eu não quero ser vista desse jeito. Triste. Não quero que vocês achem que to sempre fingindo. Não é assim, eu amo rir, eu amo brincar e me divertir. E vai passar, não quero que isso me defina como pessoa. Isso não sou eu", confessou.

Por fim, reafirmou que não deseja que a depressão a defina como pessoa na visão do público. "Só não vou mais fingir que sou a pessoa mais forte do mundo porque eu não sou. Desculpa. E eu espero não falar mais sobre isso, não vou ficar mostrando meu lado triste pra vocês, porque eu não quero que essa merda me defina. Porque eu não sou isso. E por mais que eu esteja muito casada e de saco cheio eu vou continuar tentando", escreveu.

Entretenimento