Topo

Tati Zaqui vira diaba "por quem merece" e diz o que a faz surtar: "Traição"

Tati Zaqui - Reprodução/Instagram
Tati Zaqui Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

03/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Tati Zaqui diz que chorou de alegria com sucesso de Surtada, feat com Dadá Boladão e OIK
  • O hit liderou por mais de um mês as mais ouvidas do Spotify e se mantém no topo do streaming de música
  • A funkeira fala do desejo de fazer parceria com Anitta e diz que se senta atraída pela cantora
  • Bem resolvida no Instagram, Tati afirma que já sofreu com os haters: "Já falaram, 'puta, só sabe mostrar a bunda'"

"Eu sou uma diaba. Você me liga toda hora até de madrugada. Manda foto, manda vídeo e me deixa instigada". Assim como canta na letra de Surtada, parceria com Dadá Boladão e OIK, que estourou nos streamings de música e alcançou topo do Spotify, Tati Zaqui também se transforma em "diaba" — mas só por quem merece.

Em entrevista ao UOL, a funkeira fala sobre o hit, o desejo de emplacar um feat com Anitta (além de algo mais íntimo) e como recentemente ficou envergonhada, algo inesperado até mesmo para ela, ao "pagar peitinho" para seus vários milhões de seguidores no Instagram.

"A primeira vez em que ouvi Surtada, consegui visualizar um hit. Não esperava que fosse fazer tanto barulho, mas senti que faria sucesso. Tem algumas músicas que dá pra sentir", diz. A faixa ficou por mais de um mês em primeiro lugar no Spotify e perdeu o posto para Combatchy, de Anitta com Lexa, Luisa Sonza e MC Rebecca. "Chorei para caramba [quando a música chegou ao primeiro lugar]. Já são seis anos nessa vida, e estamos sempre em busca do melhor. Foi muito especial. Eu, Dadá e OIK ficamos em estado de choque", conta.

A cantora promete continuar surfando na onda do brega funk, que estourou primeiro no Nordeste e cada vez mais vem conquistando outras regiões do Brasil. E, para isso, Tati já prevê novos feats, que ela prefere manter em segredo por enquanto. Mas no que depender dela, uma parceria com Anitta já é algo que está no radar.

"Sim, com certeza tenho vontade! Ainda mais agora que eu vi que ela me admira tanto quanto eu a admiro. Se a gente se juntar para fazer algo vai ser sucesso! Vamos ver se dá certo, né? Música tem! Só tem que ser analisado e ver as agendas", vislumbra.

Anitta foi uma das pessoas que aceitou o desafio lançado por Tati Zaqui e publicou um vídeo rebolando ao som de Surtada, o que naturalmente ajudou a divulgar o hit. As duas, inclusive, chegaram a trocar comentários pelo Instagram para delírio dos fãs. Questionada pelo UOL, ela confirma que Anitta tem algo a mais e que por isso a beijaria.

Tati Zaqui comemora sucesso de Surtada, que liderou por mais de um mês as mais ouvidas do Spotify - Mateus Aguiar/Divulgação
Tati Zaqui comemora sucesso de Surtada, que liderou por mais de um mês as mais ouvidas do Spotify
Imagem: Mateus Aguiar/Divulgação

"Não curto ficar com muitas mulheres, tanto que sempre namorei homens. Para eu ficar com uma mulher tem que ter algo que me chame atenção. Eu gosto de mulher poderosa, independente e que faz o seu corre. E a Anitta tem isso de sobra, além de ser linda. É uma mulher incrível, talentosa e batalhadora", elogia. Aliás, ela diz que, assim como na música, ela também tem os seus momentos "diaba":

Tem vários estilos de diaba. Tem a diaba safada e a diaba que surta no relacionamento com o crush. Falta de respeito me deixa muito surtada. Qualquer tipo de traição, mentira, me deixa muito surtada. E viro diaba é só com os crushes que merecem. Para eu sair da minha cama e brotar na casa do boy tem que fazer valer muito a pena".

Ela garante que está solteira, mas se engana quem pensa que a funkeira esteja aproveitando para pegar geral: "Beijo nunca e pego ninguém. Pior que é verdade. Faz muito tempo que não me envolvo com ninguém. Eu namorei a minha vida inteira, então estou na fase do desapego. Quero focar no meu trabalho. Faz um tempo que não sou diaba na vida de ninguém", esclarece.

Sobre os haters: "Tiveram que me engolir"

A cantora despudorada de cabelos azuis, que posta fotos de calcinha fio dental e de lingerie, se viu em uma saia justa recentemente. Sem perceber, Tati Zaqui acabou mostrando os seios em nos Stories — o que a fez receber inúmeras mensagens privadas.

"Mano do céu! Eu já saí na Playboy, mas esse foi realmente sem querer. Fiquei muito envergonhada. Meu direct estava cheio de print. Mostrava o peito perfeitamente. Confesso que fiquei envergonhada, mas levei na esportiva. Muito difícil eu ficar envergonhada, ainda mais quando se trata de corpo. Já mostrei até minhas estrias. Mas sem querer é complicado", diz.

Mateus Aguiar/Divulgação
Imagem: Mateus Aguiar/Divulgação

Como está acostumada a fazer publicações mais ousadas, Tati conta que encara todo tipo de comentário e não está nem aí para as críticas. Mas no início, ela se lembra, foi difícil receber mensagens de quem tinha o intuito de ofendê-la.

"A gente que bota a cara para bater leva tapa o tempo todo, mas nada que estrague meu dia ou me deixe magoada. No começo eu ficava chateada, chorava, mas hoje estou acostumada. O que importa é ser feliz. Quando isso acontece geralmente vem mais de mulher do que de homem. Já me falaram 'puta, só sabe mostrar a bunda'. Coisas desse tipo. Mas diminuiu muito esse tipo de comentário. Eles tiveram que engolir. Eu já me importei, mas hoje não mais. Eu vou continuar sendo eu", declara a cantora, que prefere não levantar bandeiras.

Não gosto de me rotular, até para não ter cobrança ou julgamento. O meu papel é fazer música para todo mundo dançar e ficar feliz. E no Instagram meu papel é poder inspirar outras mulheres a serem quem elas são, independentemente do jeito e profissão delas. É levar alegria para o máximo de pessoas possíveis

Entretenimento