Topo

2019 não acabou, mas SBT já festeja: é vice no ibope pelo 3º ano seguido

Silvio Santos, dono e apresentador do SBT - Lourival Ribeiro/Divulgação
Silvio Santos, dono e apresentador do SBT Imagem: Lourival Ribeiro/Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

do UOL

Colunista do UOL

03/12/2019 08h28

Resumo da notícia

  • Pelo 3º ano seguido, SBT é vice no ibope, e Record é 3ª
  • Em novembro SBT marcou 20% de ibope a mais que a rival
  • SBT se mantém à frente mesmo faturando menos que Record

Apesar de o ano ainda não ter terminado, o SBT já pode se gabar e festejar: ele fecha 2019 como vice-líder de audiência na Grande São Paulo, só atrás da Globo.

A Record segue como nova "eterna" terceira colocada nas 24 horas do dia. Na média geral é o terceiro ano consecutivo que o SBT fica em segundo, e a Record, em terceiro.

Em novembro, a TV de Silvio Santos registrou 6 pontos de média em SP —20% a mais que os 5 pontos obtidos pela Record. A Globo, como sempre, liderou com 13,1 pontos.

Esses dados foram mensurados pela Kantar Ibope Media e obtidos pela coluna junto às emissoras de TV.

Cada ponto na Grande SP equivale a cerca de 73 mil domicílios sintonizados.

Em novembro o SBT completou 32 meses consecutivos à frente da Record em SP, o principal mercado da publicidade brasileira.

De janeiro a novembro, nessa média, ele acumula 6,3 pontos x 5,2 pontos da Record —que não tem mais como alcançá-lo agora em dezembro. A Globo acumula 12,9 pontos.

Não deixa de ser uma façanha, já que o SBT fatura cerca de metade do que a Record, e investe muito menos em programação também.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Entretenimento