Topo

Madonna é processada por fã por começar show tarde demais

Madonna com seu famoso sutiã em formato de cone, marca registrada da cantora em diversas apresentações - Reprodução
Madonna com seu famoso sutiã em formato de cone, marca registrada da cantora em diversas apresentações Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

11/11/2019 20h56

A cantora Madonna está sendo processada "quebra de contrato" após anunciar uma mudança no horário do seu show em Miami.

O processo é movido pelo professor Nate Hollander que afirma ter comprado três ingressos para o show Madame X Tour que totalizaram US$ 1.024,95 (cerca de R$ 4.256,41).

O show em Miami está marcado para o dia 17 de dezembro e o horário previsto para o início da apresentação era 20:30h.

Com a mudança anunciada, o show deve começar às 22:30h. Hollander afirma fez um pedido o reembolso depois da mudança do horário, mas foi recusado.

"Os portadores de ingressos têm que trabalhar e ir para a escola no dia seguinte, o que os impede de assistir a um concerto que terminaria por volta de 1h", afirma o processo.

Madonna ainda não se pronunciou oficialmente sobre o processo, mas respondeu aos fãs que a criticaram por atrasar em duas horas o show que fez em Las Vegas, na semana passada.

A rainha do pop compartilhou no seu Twitter um vídeo no qual diz que seus fãs precisam entender que "uma rainha nunca se atrasa".

Entretenimento