Topo

Trapaceiro arrecadou US$ 14 milhões dizendo que ia produzir filme na Netflix

Escritório da Netflix nos Estados Unidos - Reprodução
Escritório da Netflix nos Estados Unidos Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 12h16

Um homem conseguiu arrecadar US$ 14 milhões de investidores ao dizer que estava produzindo um filme para a Netflix. As informações são da Variety.

Adam Joiner, de 41 anos, admitiu sua culpa no caso na semana passada, frente a um juiz na Califórnia (EUA), e pode enfrentar até 20 anos de cadeia. O julgamento está marcado para 6 de março de 2020.

De acordo com o FBI, Joiner forjou documentos e assinaturas para arrecadar o dinheiro. O criminoso apresentava contratos falsos de distribuição assinados por um executivo de alto nível da plataforma de streaming.

O criminoso ainda fundou uma companhia de produção cinematográfica falsa, chamada Dark Planet Pictures, para ajudar na fraude. Ele dizia aos investidores que estava produzindo um filme chamado Legends ("Lendas", em tradução livre) para a Netflix.

A empresa coreana Korea Investment Global Contents Fund investiu US$ 8 milhões no projeto, e as chinesas Star Century Pictures e PGA Yungpark Capital completaram o orçamento com US$ 6 milhões.

Parte desse dinheiro foi usado por Joiner para comprar uma casa em Manhattan Beach, no valor de US$ 5,2 milhões, Enquanto isso, outros US$ 4,3 milhões foram transferidos para outra conta — o FBI suspeita que Joiner de fato tinha a intenção de produzir um filme com parte do valor.

Entretenimento