Topo

Encontro: Mulher diz que escalou muro de 3m para flagrar namorado e amante

Fátima Bernardes recebe convidada para falar de "fossa" no Encontro - Reprodução/Globoplay
Fátima Bernardes recebe convidada para falar de "fossa" no Encontro Imagem: Reprodução/Globoplay
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 11h44Atualizada em 21/10/2019 12h59

O quadro Tô Querendo Saber, do Encontro com Fátima Bernardes, abordou na manhã de hoje o tema das decepções amorosas, trazendo dicas de como sair da "fossa". Uma das participantes da plateia foi Gilvanete, que contou uma história bem engraçada.

"Eu convivi com uma pessoa por oito anos", disse ela sobre um ex-namorado. "Depois, ele ficou com uma amiga minha, e eu descobri. Eu escalei três metros de parede para entrar no quarto, peguei os dois, e estapeei ela".

A reação espantada dos outros convidados de Fátima deu o tom para o restante da história. "Eu sabia que eles estavam lá. Eu senti aquela coisa de desconfiança, e [decidi] que ia seguir ele [naquele dia]. Quando eu vi o carro parado com a porta fechada lá dentro, como pode isso?", disse.

Gilvanete contou ainda que já se passaram quatro anos desde o acontecido, e que seu ex-namorado ainda a procura. "Ele diz que me quer, não sei o quê. Eu não sei se eu posso confiar nele novamente", completou.

O neurocientista Pedro Calabrez, ao aconselhar a convidada, disse que é mais provável alguém que já traiu voltar a trair. "Quando a pessoa pula a cerca, ela descobre que a cerca é baixa, e que o pêssego no pomar do outro lado é saboroso", comentou.

Calabrez ainda disse que perdoar é essencial para o bem-estar da pessoa traída, mas que o perdão não significa a retomada do relacionamento. "É você que tem que descobrir se quer dar essa chance, porque ninguém tem essa resposta", completou.

Outro chamado da plateia foi Pedro, que apresentou outro problema: sempre que fica na fossa ou briga com o seu companheiro, desconta sua raiva preparando e comendo um delicioso bolo.

Enquanto o neurocientista o aconselhou a trocar a culinária por exercícios, a atriz Irene Ravache teve uma recomendação prática: "Venda o bolo. Não fique triste, fique rico!".

Confira as reações do público ao quadro:

Entretenimento