Topo

Michel Teló diz que se chateou por não ter sido escolhido por Tony Gordon

Michel Teló se emociona em ensaio do The Voice Brasil - Reprodução/Globo
Michel Teló se emociona em ensaio do The Voice Brasil Imagem: Reprodução/Globo
do UOL

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

10/10/2019 12h42

Michel Teló vibrou com a vitória de Tony Gordon no The Voice Brasil há uma semana, que o mantém na liderança absoluta na condição de técnico com mais participantes a conquistarem o título no programa da Globo. Em entrevista ao UOL, Teló diz por que acreditou no potencial de Gordon desde as audições às cegas e admite que não foi fácil ser trocado por Iza enquanto torcia para levar o cantor para o seu time.

"Na hora que o ouvi, me encantei com o timbre, o jeito dele cantar, acho que muito pela experiência que ele tem, de estrada e luta. Com essa experiência que ele tem, consegue passar um sentimento diferenciado na canção. Naquele momento eu já deixei bem claro que tava torcendo pra ele, que ele era uma das grandes vozes favoritas da competição, mesmo sem ouvir os outros cantarem. Mais uma vez eu tive a alegria de estar certo nesse feeling", afirma.

Tony Gordon se consagra campeão do The Voice Brasil 2019 - Reprodução/TV Globo
Tony Gordon se consagra campeão do The Voice Brasil 2019
Imagem: Reprodução/TV Globo
Na segunda fase do programa, o campeão desta temporada do The Voice correu o risco de ir para casa mais cedo. Mas Teló o salvou da eliminação quando conseguiu pescá-lo para o seu time. Ele se recorda como ficou emocionado.

"Não esperava que a Iza fosse liberá-lo. Lembro na hora que ele veio para o meu time, no intervalo entre uma voz e outra, eu mandei uma mensagem para Thais [Fersoza, sua mulher] falando que eu tinha conseguido pegar o Tony Gordon. Fiquei muito feliz mesmo", diz.

Um sentimento oposto ele teve quando o candidato escolheu Iza para ser sua técnica: "Confesso que fiquei bastante chateado na hora. Eu já tinha usado todos os meus recursos pra convencê-lo a vir para o meu time. Mas faz parte do jogo, totalmente natural, acabou dando tudo certo".

Pentacampeão no The Voice

Desde a primeira edição que entrou no The Voice Brasil para ocupar a cadeira que anteriormente era do cantor Daniel, Teló consegue emplacar os participantes de seu time ao posto máximo do programa. Recordista em vitórias, ele define a marca como "surreal".

"É minha quinta temporada e eu ganhei todas. Tive a alegria de fazer escolhas certeiras. Não sei dizer, é uma sensação de ver a pessoa cantar, junto com a reação do público. Acho que o universo conspira quando eu desejo muito. Tive um pouco de sorte também", afirma ao ser questionado sobre a razão para sempre acertar em suas apostas.

O sertanejo brinca sobre a fama de pé quente lhe rende algumas brincadeiras nos bastidores do The Voice.

"A gente tem um grupo no WhatsApp com todos os técnicos, pessoal da direção. E aí, no ano passado, o Boninho quando escalou todo mundo, o Lulu falou que eu ia ganhar de novo, mas tudo bem, ele ia participar mesmo assim", diz, aos risos.

10 anos de carreira solo

Neste ano, Michel Teló comemora uma década de carreira solo desde que saiu do grupo Tradição. Ele admite que não imaginava que fosse chegar tão longe.

"Já passou do que eu imaginava para mim, Deus abençoou muito mais, mas a gente continua batalhando. É o que o Tony passou pra gente nesse The Voice: aprender a renovar sonhos e correndo atrás deles. É isso que eu sempre vou fazer", diz.

Sobre os novos projetos, ele lançou recentemente um novo EP, intitulado Churrasco do Teló, disponível em serviços de streaming. "Resolvi levar esse projeto para o meu público, para a galera ter um final de semana em um resort com a família e os amigos, curtindo umas modas e um churrasco de primeira linha. Estou muito feliz com esse projeto que já começou e vamos trabalhar também no ano que vem", adianta.

Mais Entretenimento