Topo

Se Joga estreia hoje com "perfume" de Vídeo Show e "fofoca humanizada"

Fabiana Karla, Érico Brás e Fernanda Gentil comandam o Se Joga - Victor Pollak/Globo
Fabiana Karla, Érico Brás e Fernanda Gentil comandam o Se Joga Imagem: Victor Pollak/Globo
do UOL

Carolina Farias e Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

30/09/2019 04h00

Se Joga, novo programa vespertino da Globo, estreia hoje após o Jornal Hoje. Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás comandam a atração ao vivo que terá uma mistura de jogos, notícias, fofocas e dicas de especialistas sobre os mais variados temas. Com uma plateia com capacidade para 60 pessoas, terá quadros com formatos de brincadeiras e a presença de famosos. O Vídeo Show, que ficou no ar durante 35 anos e, por um bom tempo ocupou o mesmo horário na emissora, também terá seu espaço na nova atração.

"A gente vai ter um momentinho do Vídeo Show, um quadro no programa, que foi tão incrível, a gente não pode passar batido, vai ter um perfume do programa para quem estava com saudade. Acho que vale a pena. A galera de casa, inclusive nas pesquisas, tem saudade e quer ver", adianta Fabiana Karla.

Fernanda Gentil explica que o programa terá espaço para fofocas dos artistas, mas com uma preocupação para que não passem do limite.

"Fofoca a gente não tem pré-requisito nenhum, sendo fofoca e sendo do interesse do público, a gente vai falar. A gente tem um formato nosso de como fazer isso. A gente se preocupa em ser tecnológico, moderno, didático, com português simples e a fofoca também entra nesses parâmetros do que a gente tentou colocar para o Se Joga", explica Gentil.

"Quando a gente fala sobre humanizar o programa também passa pela editoria fofoca. A gente está falando de pessoas, muitas delas colegas nossas aqui e, mesmo que a gente não conheça, vai prezar pelo respeito. O bom senso é a grande palavra desse programa. A gente vai falar da vida dos artistas e esse limite, como falar, o que tratar, nós e eles que vamos colocar", completa.

O Se Joga marca a estreia da apresentadora no entretenimento após dez anos de trabalho no esporte da Globo.

"Virei essa chavinha em janeiro deste ano. Vivi um sonho todos os dias durante aqueles dez anos no esporte, mas acho que a gente tem que fechar ciclos para abrir outros. Sou muito movida a desafios, aí apareceu a oportunidade no entretenimento. Pra mim está sendo muito gostoso, estou com garra, animada e curiosa", disse Fernanda.

Apresentar um programa ao vivo é uma novidade para Fabiana Karla, atriz acostumada a fazer comédia. Ela diz que não tem medo de virar meme. "É desafiador? É. Posso virar o primeiro meme do programa? Posso. Vou me divertir da mesma forma!", brinca.

Aos 40 anos, Érico Brás já participou de vários programas de humor, fez o reality musical Popstar em 2017; já esteve na Dança dos Famosos, em 2015, e comemora a oportunidade de trabalhar pela primeira vez como apresentador.

"O grande barato do artista brasileiro é que ele pode ser tudo. Eu sempre admirei os artistas norte-americanos porque eles cantam, dançam, atuam, apresentam, produzem. Acho que aqui no Brasil falta a gente se jogar um pouquinho mais nisso. Eu sempre olhei por esse lado. Quando eu entrei na Globo, em 2010, eu já pensava nisso: eu quero fazer tudo que eu posso fazer. E uma das coisas que eu almejava era ser apresentador."

Entretenimento