Topo

Kevin Hart é processado em R$ 240 milhões por plano para gravar encontro sexual

Kevin Hart e Montia Sabbag foram flagrados em uma festa em Las Vegas - Reprodução/TMZ
Kevin Hart e Montia Sabbag foram flagrados em uma festa em Las Vegas Imagem: Reprodução/TMZ
do UOL

Do UOL, em São Paulo

16/09/2019 17h11

O comediante Kevin Hart está sendo processado por Montia Sabbag por ter planejado gravar um encontro sexual que teve com ela em um hotel. Segundo o TMZ, o processo é de US$ 60 milhões -- o equivalente a R$ 240 milhões.

Sabbag declara na ação que seu encontro em 2017 com o ator foi todo planejado por Hart e seu amigo JT Jackson, que depois foi preso por extorsão. A mulher afirma que que a motivação em publicar as imagens seria publicidade, ainda mais com uma turnê que ele faria nos meses seguintes.

Segundo a ação, Hart permitiu que Jackson entrasse em sua suíte no Cosmopolitan Hotel para que eles conseguissem esconder uma câmera. Jackson, depois, tentaria extorquir Hart para que ele não divulgasse nada sobre o vídeo.

Hart já declarou inúmeras vezes que ele não tem conhecimento da existência do vídeo, afirmando que ele também foi uma vítima de Jackson. Em setembro de 2017, o comediante pediu desculpas publicamente por ter sido infiel.

Na época, a esposa de Hart estava grávida. "Esse foi o meu momento mais idiota", disse o astro em entrevista ao programa de TV The Breakfast Club. "Não foi a melhor hora da minha vida. Aí você vai para a cama e não consegue nem questionar 'o que eu estava pensando?', eu não estava pensando."

Mais Entretenimento