Topo

SBT veta livro de ex-garota da banheira por causa de Gugu; TV nega

Gugu Liberato, ex-apresentador do SBT e criador do quadro "garota da banheira" - Antonio Chahestian/TV Record
Gugu Liberato, ex-apresentador do SBT e criador do quadro "garota da banheira" Imagem: Antonio Chahestian/TV Record
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

do UOL

Colunista do UOL

14/08/2019 16h29

Falar, divulgar, citar ou entrevistar a ex-garota da banheira Solange Gomes por enquanto está proibido no SBT. Não por causa da ex-modelo, ou do conteúdo picante do livro "Sem Arrependimentos", a autobiografia que ela acaba de lançar.

O motivo se chamada Gugu Liberato (o SBT nega, leia abaixo a versão da emissora).

A coluna apurou que Solange chegou a ser marcada como convidada de atrações do SBT, mas os convites foram retirados. O primeiro seria o "The Noite", na segunda quinzena de julho, antes mesmo do lançamento do livro.

Ela também foi incluída previamente como pauta do programa vespertino "Fofocalizando".

Em ambos os casos, porém, "forças ocultas" na emissora de SIlvio Santos barraram tudo --seja aparição ou qualquer menção a seu livro, lançado pela editora Livros Ilimitados (440 págs, R$ 60).

Por trás do veto está a proibição velada, dentro do SBT, a citações ou exibições de imagens de Gugu Liberato ou ligadas a ele. Solange foi estrela da "banheira do Gugu", como o quadro era conhecido.

No quadro, ela ficava de biquíni e ensaboada, tentando impedir convidados (na maioria das vezes, pagodeiros) de pegar sabonetes jogados no fundo da banheira.

A ex-modelo já deu entrevista ou teve divulgados registros e dados sobre o livro em praticamente todas as emissoras, até mesmo na Record. No livro ela conta casos amorosos, detalhes curiosos e polêmicas de quando era uma das mulheres mais cobiçadas na TV.

Mas, até o momento, não saiu absolutamente nada no SBT, que é justamente o lugar em que ela fez carreira no final dos anos 90 como assistente de palco e garota da banheira de Gugu. A emissora é tema central do livro, que tem até um capítulo próprio.

Gugu também assina o prefácio do livro, outro motivo de desagrado por pessoas dentro da emissora de SiIvio Santos.

A coluna procurou Solange pessoalmente ontem, no lançamento de seu livro em São Paulo, para comentar o assunto.

A princípio a ex-modelo (a quem este colunista jamais havia visto pessoalmente) foi calorosa e simpática: chegou a fazer vídeo no Instagram com o colunista --que colaborou com o livro escrevendo um relato sobre sua presença na TV aberta nos anos 90.

No entanto, quando a coluna a questionou sobre o veto do SBT a seu nome, a ex-modelo "fechou a cara" e disse não saber "de nada disso" (não me dirigiu mais a palavra e nem sequer o olhar depois disso).

Solange Gomes relembra época da banheira e relação com Gugu

RedeTV! Entretenimento

Gugu e Silvio seguem em contato

Muita gente no SBT guarda rancor de Gugu Liberato, que trocou a emissora pela Record em 2009 (essa notícia foi dada com exclusividade por esta coluna dez anos atrás).

Há funcionários da casa que acusaram Gugu de "traição", de ter deixado o SBT em um momento delicado. Uma das "teorias conspiratórias" internas é que ele já saberia das dificuldades do banco Panamericano, cujo escândalo só veio a público em 2011.

Isso é a mais completa balela.

O que pouca gente sabe é que "criador" e "criatura" se dão bem até hoje e mantêm contatos eventuais, nas datas importantes para ambos. Como aniversários, por exemplo.

Claro, não são amigos íntimos, e nunca foram. Com exceção do cabeleireiro Jassa, Silvio não tem intimidade ou convivência com pessoas fora de sua família.

"Eu também iria por R$ 30 milhões"

Em 2009 o próprio Silvio disse a Gugu que não tinha nenhuma mágoa dele, e que ele estava tomando a decisão correta para sua carreira ao trocar de emissora.

À época o dono do SBT brincou que, no lugar de Gugu, se a Record tivesse lhe oferecido quase R$ 30 milhões de contrato, ele também iria para a concorrente.

Apesar disso o nome de Gugu continua na "boca do sapo" dentro do SBT. E quem está pagando o "sapo" é Solange Gomes.

No entanto ainda resta a esperança de que Silvio levante esse "embargo", o qual jamais determinou.

Outro lado

Procurado nesta quarta (14), o SBT negou, por meio de sua assessoria de imprensa, qualquer veto, e que qualquer programa tenha discutido sua participação. Leia a nota:

"Solange Gomes não está vetada no SBT . O "Fofocalizando" não citou a nota sobre o livro dela por falta de espaço, e optou por temas factuais. O "The Noite" recebeu a solicitação de pauta sugerindo sua participação no programa, porém nunca a agendou, uma vez que existem vários convidados na frente, já agendados. Nunca agendou e desmarcou, isso não é verdade. Vale ressaltar que a emissora e sua direção não tem nada contra a modelo."

A coluna mantém todas as informações publicadas.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Mais Entretenimento