Topo

Bruna Mascarenhas largou emprego em restaurante para virar Rita em Sintonia

Bruna Mascarenhas, uma das protagonistas de Sintonia, em entrevista ao UOL - Rafael Roncato/UOL
Bruna Mascarenhas, uma das protagonistas de Sintonia, em entrevista ao UOL Imagem: Rafael Roncato/UOL
do UOL

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

14/08/2019 04h00

Quem vê Rita afinadíssima com Doni e Nando em Sintonia nem imagina que Bruna Mascarenhas teve só duas semanas para criar a personagem. Ela entrou para a série como uma das protagonistas depois da desistência de outra atriz e - assim como Rita - "fez seus corre" para entregar o trabalho.

Rita é o primeiro grande papel da atriz de 23 anos, que veio de Niterói (RJ) para São Paulo justamente atrás de oportunidades mais interessantes para sua carreira. A chance de dar vida à garota que se vira sozinha para sobreviver na periferia surgiu para Bruna um mês e meio depois de sua chegada à cidade.

"E eu vim muito focada. Antes de vir, durante dois meses todo dia eu sentava, via milhões de restaurantes, milhões de cafés, anotava tudo. Isso também tem muito a ver com a Rita. Esse negócio de querer, botar no papel, e fazer. Fiz muito isso pra poder vir pra cá e, de repente, tudo aconteceu", conta Bruna, que chegou a trabalhar em um restaurante antes de receber a proposta da Netflix. "Foi um desafio também. Em cima da hora, faltando duas semanas [para as gravações]. Protagonista de seriado da Netflix. Pensei: fod#*S."

Malemolência vs. dureza

Rafael Roncato/UOL
Imagem: Rafael Roncato/UOL

Atriz formada pela Faculdade CAL de Artes Cênicas, da Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, Bruna já tinha feito de tudo um pouco. Teatro, propaganda e até a parte mais burocrática do ofício. Seu último emprego antes de vir para São Paulo tinha sido na área de Cultura da Prefeitura de Maricá. "Via que o Rio de Janeiro já não estava mais pegando politicamente, socialmente e culturalmente. Vários amigos meus já tinham vindo pra São Paulo e falavam pra eu vir também, que tinha mais oportunidade."

Assim que chegou na cidade que também serviria de cenário para a série que apresenta seu trabalho para o mundo (Sintonia foi lançada em 190 países), Bruna conseguiu trabalho em um restaurante enquanto fazia testes de atriz. Foi então que ela entrou em Sintonia.

Descobri o teste na terça, fiz na quarta, na quinta estava pedindo demissão no restaurante, assinando contrato e no dia seguinte já fui para a fono. E ela foi muito importante junto com os meninos nessas duas semanas. Foi muito intenso.

Na fonoaudióloga, o desafio era perder o sotaque típico do Rio de Janeiro e se adaptar ao jeito de falar bastante específico da periferia paulistana.

Rita, Nando e MC Doni traduzem as gírias de Sintonia

UOL Entretenimento

"O processo era rápido, e eu sabia que o carioca fala muito na malemolência. Em São Paulo é muito direto, um movimento bem reto. Eu tentei botar isso na minha voz e trazer isso pro corpo. Aí já encontrei o corpo da Rita paulista, tirei esse corpo carioca. Foi bem desafiador já que eu estava há um mês e meio aqui em São Paulo, ainda me adaptando com a cidade."

A caminhada, apesar de rápida após a mudança de cidade, também teve seus momentos de dor. "Faltava cinco dias para gravar, eu não tinha passado nada ainda [de cenas], comecei a chorar. Pensei que não ia conseguir pela questão do sotaque. Mas tudo isso foi muito bom pra mim e muito bom pra Rita. Depois fiz uma reflexão. Eu e a personagem nos emprestamos muito isso. Esse lugar de desacreditar um pouco. Mas é aquilo. É meu ofício, eu quero fazer, vou fazer. Às vezes ficava pensando 'será que vou conseguir?', e logo ia para 'vamos lá, vamos acreditar'. Eu tinha as pessoas incríveis que me ajudaram."

100 mil seguidores em 5 dias

Bruna Mascarenhas como Rita em cena da série Sintonia, da Netflix - Rafael Morse/Netflix
Bruna Mascarenhas como Rita em cena da série Sintonia, da Netflix
Imagem: Rafael Morse/Netflix

Jottapê e Christian Malheiros, parceiros dela na série como Doni e Nando, também foram essenciais no processo de transformação de Bruna em Rita. Junto com o preparador de elenco, os colegas a ajudaram a encontrar as melhores gírias e se adaptar ao estilo paulistano.

"Fui super bem recebida, o clima ali era contagiante. Realmente rolava uma sintonia entre nós, os três estavam abertos para rolar a conexão. E, de repente, estávamos ali se apoiando muito", conta.

O resultado pode ser visto nos seis episódios da primeira temporada da série na Netflix, que estreou na última sexta-feira. Desde a estreia de Sintonia, Bruna Mascarenhas também viu saltar para mais de 100 mil o número de seguidores em seu Instagram, prova da popularidade da personagem.

"É muito louco pensar que na quinta-feira à noite eu tinha 3.000 seguidores e agora estou com 101 mil. Isso é tudo um carinho pelo trabalho e fico muito grata e feliz. Que venham mais trabalhos."

Sintonia: UOL entrevista Kondzilla e elenco da série da Netflix

UOL Entretenimento

Mais Entretenimento