Topo

Ex-repórter que ficou rica, Nathalia Arcuri recusa ofertas para voltar à TV

Adriana Ranalli
Nathalia Arcuri apresenta palestra no Encontros GRAACC Imagem: Adriana Ranalli
do UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

2019-06-26T04:00:00

26/06/2019 04h00

Nathalia Arcuri, a "cara da riqueza" na internet, é cobiçada por emissoras de TV quatro anos após pedir demissão da Record. A ex-repórter conseguiu seu primeiro milhão economizando desde os 8, foi chamada de mão de vaca, mas hoje se realiza profissionalmente como a principal youtuber de finanças pessoais do Brasil no canal Me Poupe, com 3,6 milhões de inscritos.

Apesar da fama, Arcuri acredita no poder da televisão e deseja voltar, mas não para o que fazia antes de bombar na internet. Na Record, tentou levar seu hobby --educação financeira-- para a TV, mas teve sua ideia de reality para salvar pessoas endividadas recusada. Em seu canal, as duas temporadas fizeram sucesso.

Reprodução/Record
Nathalia Arcuri como repórter do Hoje em Dia Imagem: Reprodução/Record
"A TV ainda é necessária porque impacta pessoas que o YouTube ainda não consegue. Temos uma massa com péssimo acesso à internet. Estamos em uma plataforma na qual muitas pessoas no Brasil nem sabem mexer. Espero, sim, poder ir para a TV com o formato que sonhei lá atrás, que seria o reality. Isso ainda não aconteceu, mas espero que aconteça em breve", projeta Arcuri em entrevista ao UOL, antes de dar palestra para arrecadar fundos ao Hospital do GRAACC.

A jornalista de 34 anos, que depois de virar youtuber já foi convidada do Mais Você (Globo), Jornal da Cultura (Cultura) e Mega Senha (RedeTV!), não pretende retornar à TV como mera consultora, figura presente em muitos telejornais. Ela recusou propostas de três emissoras para ser comentarista de finanças porque está focada em levar seu reality para a televisão.

"Meu foco é colocar o reality na TV, e sei que o que vai ter impacto na TV é algo como o reality. Ser comentarista de finanças não vai mudar a vida de ninguém, e o nosso foco é mudar a vida das pessoas. De que me adianta estar lá como uma consultora que vai aparecer 10 minutos e nem vão deixar falar do meu canal? Para mim, não serve. Não é pelo dinheiro, por nada. É pelo impacto", explica.

"Nunca estiveram abertos para fazer o que eu quero. E como eu tenho uma plataforma que impacta 16 milhões de pessoas todos os meses, quero ir para a TV aberta no momento em que eu puder fazer aquilo que eu sei que vai impactar mais milhões de pessoas. E vai acontecer".

Adriana Ranalli
Nathalia Arcuri apresenta palestra no Encontros GRAACC Imagem: Adriana Ranalli

Fama e golpes

Me Poupe começou como blog, quando Arcuri ainda era repórter do Hoje em Dia. Ela pediu demissão em 2015, deu largada no canal e passou a tirar dúvidas e fazer consultas sobre vida financeira. "Uma tinha dívida de R$ 100 mil e no ano seguinte tinha R$ 40 mil investidos", conta, orgulhosa. Publicou um livro homônimo, um dos mais vendidos de 2018. Hoje, prepara cursos e está prestes a inaugurar seu maior escritório.

"Recebemos, em média, 3 mil mensagens todos os dias, por e-mail, pelo Instagram, em comentários. E a maioria é de gente falando que ainda tem medo de investir. Muitas pessoas não são 'heavy user' de YouTube, mas por algum motivo gostam do canal", afirma Nathalia.

Adriana Ranalli
A jornalista Nathalia Arcuri Imagem: Adriana Ranalli
Preocupada em passar informações com leveza e, ao mesmo, credibilidade, a jornalista consulta seus "amigos do Banco Central" e "do Tesouro Direto" (como costuma dizer nos vídeos) e fica atenta a qualquer golpe que possam fazer usando seu nome. Na última semana, descobriu que um curso de finanças era vendido como se fosse dela.

"Estavam vendendo cursos online falando que eram meus. As pessoas compravam, nem sei por quanto estavam vendendo, e quando a pessoa ia acessar era de outra pessoa. Tenho um curso online, mas vim a público falar: 'Tudo que é nosso é divulgado e vendido nos nossos meios oficiais'. Acionamos o jurídico. Descobrimos porque mandaram mensagens para mim, porque a pessoa se apresentava como eu. 'Oi, eu sou a Nath'. Eu não tenho tempo nem de falar com meu marido!", brinca.

Mais Entretenimento