Topo

Youtube estuda deixar vídeos infantis exclusivamente no Youtube Kids

De São Francisco (EUA)

2019-06-19T17:58:00

19/06/2019 17h58

O Youtube está considerando tirar todo o conteúdo infantil de sua plataforma de vídeos principal e levá-lo ao Youtube Kids, aplicativo voltado a menores de idade, em resposta às recentes polêmicas de gestão dos vídeos para crianças, publicou nesta quarta-feira o "The Wall Street Journal".

O texto, que cita fontes anônimas que participaram dos debates, aponta que a direção da empresa está cogitando este movimento, apesar do grande risco que isso representaria para a plataforma principal, já que os vídeos infantis estão entre os mais populares e os que mais dinheiro geram em publicidade. A ideia seria de que todo o conteúdo protagonizado por crianças ou dirigido a este público passasse a ficar restrito ao aplicativo especial, com o qual o Alphabet (matriz do Google) tenta evitar problemas como os abertos nos últimos meses.

Uma das principais críticas que o site recebeu recentemente é sobre os algoritmos sugerirem vídeos com conteúdo sexual ou violento pensados para adultos (alguns inclusive reproduzidos automaticamente) após vídeos infantis, expondo as crianças.

Segundo o jornal, a decisão de transferir todos os conteúdos infantis ao Youtube Kids ainda não é definitiva, e alternativas menos drásticas também estão sendo estudadas, como manter os vídeos no portal principal, mas eliminar a reprodução automática deles.

Mais Entretenimento