Topo

Gloria Groove canta com a mãe hit de Gloria Gaynor no "Conversa com Bial"

Reprodução/Instagram
Gina Garcia e Gloria Groove Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL

2019-05-23T15:06:35

23/05/2019 15h06

Gloria Groove mostrou que o talento musical vem de família ao participar do "Conversa com Bial", na Globo, ontem. Ela interpretou com a mãe, Gina Garcia, "Never Can Say Goodbye", música de Gloria Gaynor, cantora norte-americana que foi inspiração para seu nome artístico.

As duas arrasaram no palco, exibindo toda a potência de suas vozes.

Gina não escondeu o orgulho que tem do filho e lembrou quando ele contou que tinha criado uma drag queen.

"Ele cantou a vida inteira, era sempre assim, cantando o tempo todo. Eu cheguei de um trabalho, ele me parou na sala e falou: 'mãe, eu preciso te contar uma coisa. Eu montei uma drag queen'. Eu perguntei: 'Qual o nome?', ele disse 'Gloria Groove' e falei 'gostei do nome'", disse ela.

Gloria Groove explicou ainda que não há separação definida entre a drag queen e Daniel Garcia, seu nome de batismo.

"É impossível falar de Gloria sem falar de Daniel Garcia. Eu tive o privilégio de ter uma família de músicos, artistas, uma mãe que me incentivou sempre. Eu sempre tive a chance de estar na TV, no rádio, eu posso dizer que fiz de tudo um pouco antes de colocar uma peruca na cabeça. Eu já tinha trabalhado com música profissionalmente, com teatro musical, com dublagem", declarou.

Gloria começou a cantar muito cedo. Aos 7 anos, entrou para a Turma do Balão, um revival do Balão Mágico, e aos 9 já trabalhava com dublagem -- ela, aliás, é a voz do gênio em "Alladin", interpretado por Will Smith, no longa recém-lançado.

"Com 7 anos já tinha contrato com gravadora. Viajava o Brasil inteiro dentro de um ônibus com três crianças para cantar. A voz já estava em jogo desde muito cedo e profissionalmente", contou.

Mais Entretenimento