Topo

Laíla é o novo diretor de Carnaval da União da Ilha

Bruna Prado/UOL
Desfile da União da Ilha em 2019 Imagem: Bruna Prado/UOL
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

do UOL

2019-05-07T11:23:47

07/05/2019 11h23

Uma das escolas de samba mais simpáticas do Carnaval carioca, a União da Ilha do Governador acertou com um reforço que poderá conduzi-la definitivamente à briga pelo sonhado campeonato: Laíla. Vindo de uma temporada na Unidos da Tijuca, o experiente diretor de Carnaval e Harmonia aporta na tricolor disposto a implementar sua filosofia de desfile com evolução e canto forte e intensa participação da comunidade.

Com Laíla, também chega o carnavalesco Fran Sergio. Fiel escudeiro do diretor, Fran já conquistou oito títulos do Carnaval, todos a seu lado na Comissão de Carnaval da escola nilopolitana. Fran Sergio irá se juntar ao carnavalesco Severo Luzardo, que irá para o seu quarto desfile à frente do barracão da agremiação insulana.

A contratação de Laíla era um sonho antigo da diretoria da União da Ilha. Morador do bairro, o diretor costuma ir aos ensaios da escola e confraternizar com sambistas da agremiação em eventos locais. A negociação já estava acontecendo há algumas semanas e chegou ao acordo final nos últimos dias - sobretudo após a diretoria da Unidos da Tijuca liberar o profissional para conversar com outras escolas.

A expectativa agora é de como o estilo de desfile que Laíla imprimiu por todas as escolas por onde passou, de enredos densos, forte impacto visual e evolução aguerrida se conjugará com a marca mais leve, despojada e alegre da União da Ilha. Caso se consiga um bom meio-termo entre as duas visões, à primeira vista antagônicas de desfile, os torcedores insulanos poderão começar a viver uma nova fase na história da escola, que em 2020, irá para o seu 11º ano consecutivo no Grupo Especial e não volta entre as campeãs desde 2014.

Mais Entretenimento