Topo

Projota homenageia 1º carro comprado com grana do rap e Chorão em álbum

Capa de "Tributo aos Sonhadores I" - Divulgação
Capa de "Tributo aos Sonhadores I" Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

do UOL

25/04/2019 15h31

O Celta vermelho, famoso por ser citado em várias entrevistas dadas por Projota, será estrela do álbum, "Tributo aos Sonhadores I", que chega às plataformas digitais amanhã.

Com letra que relembra sua infância e a história dos pais, a música abre o disco e chega com um videoclipe gravado em São Paulo com as participações do pai, avó e irmão, além dos três carros de propriedade do rapper.

No filme, com direção de Gustavo Tissot, o rapper mostra o primeiro carro que conseguiu comprar financiando em 60 meses e o carro atual dos sonhos, um Corvette vermelho.

Sempre gostei de carro e sonhei em tê-los. Quis mostrar [no clipe] a conquista dos meus sonhos mostrando o primeiro que tive e o último. O Celta entra num no viaduto e sai outro lado o Corvette. Mas para alcançar esses sonhos não foi nada rápido. Foi tudo conquistado com muito trabalho. Estive sob o viaduto por 10 anos", relembra.

Outro que ganha homenagem no disco é Chorão (1970-2013), cantor do Charlie Brown Jr., na faixa "Perto do Céu". Projota era fã da banda e tinha planos de gravar com o vocalista, mas não teve tempo. Por isso, decidiu em celebrá-lo no álbum.

"Tenho certeza que ele [Chorão] já ouviu a música, mesmo sem ter sido lançada", acredita o rapper.

Projota e a mulher Tâmara - Reprodução Instagram
Projota e a mulher Tâmara
Imagem: Reprodução Instagram
Prestes a subir no altar com Tâmara Contro, com quem já é casado no civil, Projota tem certeza que vive a melhor fase da vida e, que daqui alguns anos, lembrará de 2019 como um ano de muitas conquistas.

"Talvez este seja o ano mais importante da minha e daqui um tempo poderei falar isso", profetiza.

O disco chegou a partir de um desejo do artista de voltar às suas raízes produzindo seu próprio som. Para isso, abriu um diálogo com artistas pelas suas redes sociais. Os resultados estarão divididos em dois volumes. O segundo estará no mercado até o final do ano.

Mais Entretenimento