Topo

Semana da Moda de São Paulo começa com ares de Miami Beach

2019-04-22T22:56:00

22/04/2019 22h56

Laura López.

São Paulo, 22 abr (EFE).- As peças polivalentes em tecidos e motivos praieiros no estilo Miami Beach do estilista Reinaldo Lourenço marcaram nesta segunda-feira o início da 47ª Semana da Moda de São Paulo.

A São Paulo Fashion Week começou hoje e se estenderá até o próximo dia 27, em uma semana na qual 36 marcas apresentarão suas variadas propostas no Espaço Arca, sede principal do evento, e em outros pontos da capital paulista.

Lourenço deu hoje o tiro de largada ao evento com sua coleção primavera/verão 2020 chamada "Hotel Lourenço" no emblemático edifício Farol Santander, no centro de São Paulo.

A marca transformou durante alguns minutos o centro de São Paulo em uma praia urbana pela qual desfilaram dezenas de modelos com conjuntos polivalentes e looks híbridos.

Saias-calças, calças-saia, vestido-saia e camisas com amplas aberturas nas costas em crepe com acabamentos em bordados geométricos foram as peças mais recorrentes nas suas versões preta, rosa e branco.

Também houve espaço para os looks noturnos com vestidos de aberturas estratégicas graças a abundantes argolas metalizadas que unem as peças de tecido entre si até constituir uma só.

As estampas Ocean Drive e Miami City romperam a tônica de cores neutras e lisas ao evocar as ruas da cidade americana com desenhos de edifícios em tons azuis, rosas e amarelo pastel.

Em linha com este estilo retrô, o art decó de motivos dispostos geometricamente em camisas, saias e vestidos foi outro dos grandes protagonistas.

A gabardina foi também uma das peças mais recorrentes da coleção de Reinaldo Lourenço e marcou o desfile em quase todas as versões das estampas apresentadas.

Os vestidos folgados de lamê deram o toque brilhante à noite ao evocar com diversas cores o amanhecer, o entardecer e o anoitecer.

A coleção pretende justamente que a polivalência das peças façam destas a escolha perfeita para vestir do início ao final do dia.

A lema desta edição da Fashion Week paulista é "Qual é a sua utopia?" e com ele a semana da moda se propõe a olhar para um futuro "cada vez mais criativo, colaborativo e afetivo", segundo informou a organização.

Nesta 47ª edição da Fashion Week farão sua estreia no evento as marcas Another Place, Flavia Aranha, Haight, Neriage e Ocksa.

A volta à passarela do estilo irreverente e urbano da Cavalera, de Alberto Hiar, será responsável por finalizar esta edição no encerramento do sábado.

Lenny Niemeyer, outra das estrelas da semana, desfilará amanhã na Pinacoteca, também no centro de São Paulo. Inspirada em um mapa da América do Sul de 1700 que pertencia à sua família, a estilista criou as peças com base em uma cartografia imaginária de rios, flora, minerais e constelações.

Outra das coleções mais esperadas desta edição é a da Ponto Firme, de Gustavo Silvestre, que desfila no sábado e surpreendeu no ano passado ao conjugar trabalho social e moda com uma coleção desenhada por ex-presidiários.

Quem também não podia faltar este ano é o Projeto Estufa, que propõe um espaço de criação e reflexão sobre a arte através de alguns dos desfiles, aulas coletivas, conversas, laboratórios e uma feira de startups.

Já o destaque no setor da responsabilidade ambiental são duas marcas de beleza sustentável, Biossance e Simple Organic, que aplicarão seus cosméticos veganos em modelos de várias marcas do evento. EFE

Mais Entretenimento