Topo

Morre aos 65 anos compositor Acyr Marques da Cruz, irmão de Arlindo Cruz

Reprodução/Facebook
Acyr e Arlindo Cruz Imagem: Reprodução/Facebook
do UOL

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

2019-04-20T18:49:57

20/04/2019 18h49

O cantor e compositor Acyr Marques da Cruz, irmão mais velho do sambista Arlindo Cruz, morreu hoje no Rio aos 65 anos. O músico teve um infarto quando estava em casa no bairro de Cascadura, zona norte do Rio.

O velório acontece na segunda (22), na capela Santa Cássia, às 11h, em Inhaúma, zona norte do Rio. O sepultamento ocorre às 13h no cemitério de Inhaúma.

Este conteúdo foi produzido pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. Para compartilhar, use o link https://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/musica/noticia/2019/04/20/morre-no-rio-o-sambista-acyr-marques-irmao-de-arlindo-cruz-376736.php

Marques da Cruz começou a carreira de compositor no início dos anos 1980, sempre atuando em parceria com irmão. Avesso aos holofotes, compôs diversas músicas de sucesso do samba carioca, incluindo "Casal Sem Vergonha", em parceria com o irmão, e "Coisa de Pele", com Jorge Aragão.

Também assinou "Fogueira de uma Paixão", de Leci Brandão, "Insensato Destino", famosa na voz de Almir Guineto, "Ninguém Merece", gravada por Zeca Pagodinho, e "Dor de Amor", registrada por Beth Carvalho, entre várias outras.

Atualmente, Arlindo Cruz passa por um longo processo de reabilitação após sofrer um AVC hemorrágico em março de 2017. O sambista foi homenageado pela escola de samba X-9 no último Carnaval paulistano, desfilando de surpresa em uma das alegorias.

Mais Entretenimento