Topo

Anitta se defende após homem preso injustamente em seu bloco: "Não apontei"

Marcelo de Jesus/UOL
Anitta canta para grande público no Bloco das Poderosas Imagem: Marcelo de Jesus/UOL
do UOL

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL

2019-03-11T17:45:01

11/03/2019 17h45

Anitta usou seu Twitter hoje para falar sobre o homem que foi preso injustamente em seu Bloco das Poderosas no último sábado (11), no Rio. A cantora parou o show no meio para pedir para a Polícia Militar prender o rapaz, que estaria roubando os foliões.

Porém, o homem que foi rendido e levado para a delegacia não era o ladrão e foi liberado, após ser inocentado. Por ele ser negro, muitos seguidores usaram as redes sociais para acusar Anitta de racismo e ela se defendeu.

"Galera que pergunta sobre sábado. As pessoas no chão estavam pedindo pra eu avisar à polícia que tinha um ladrão no meio do público. E foi isso que eu fiz. A visão de cima, por mais que seja ampla, não é suficiente para eu ver com detalhes o que se passa em meio à multidão", disse.

A cantora ainda explicou que não foi ela quem informou qual era o homem que estava praticando os roubos.

"Eu não passei a característica de ninguém, não apontei, apenas disse que havia uma pessoa roubando. Coube à polícia atuar e apurar", declarou.

Mesmo assim um seguidor mandou uma mensagem para Anitta, dizendo que ela estava errada, e a cantora rebateu, sem muita paciência.

"Mas tem que ter certeza né mana? Não adianta apontar pro inocente", escreveu o fã. "Você sabe ler?", esbravejou ela.

Mais Carnaval 2019