Topo

Renatta Teruel volta ao Rio e se arrepende de briga com Minerato na Gaviões

do UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

2019-02-19T04:00:00

19/02/2019 04h00

Renatta Teruel respira Carnaval desde os seis anos, quando desfilou na ala mirim da Grande Rio. O tempo passou, ela se casou e foi para Osasco, na Grande São Paulo. O destino, porém, se encarregou de devolver a ex-imperatriz da Gaviões da Fiel para a Sapucaí, após a briga com Tati Minerato que gerou o afastamento das duas musas da escola.

Em 2019, Teruel tenta se reerguer na Unidos de Padre Miguel, que desfilará na Série A, grupo de acesso do Carnaval carioca, em 1º de março, três dias após Tati Minerato estrear na Sapucaí como musa da Unidos de Vila Isabel. As duas "rivais" estarão na mesma cidade, mas Renatta nem pensa em rever Tati.

"Não vou dizer que vou cumprimentá-la porque não vou, eu seria hipócrita. Mas não tenho problema nenhum. Esta é a magia do Carnaval, cabe todo mundo", analisa Renatta em entrevista ao UOL. Um ano após a troca de tapas que provocou o afastamento das duas da Gaviões, a musa da Padre Miguel admite ter se arrependido da briga.

"Eu me arrependo de ter reagido, porque violência só gera violência, é uma coisa que não tem fim. Quem quer ficar famosa por uma agressão, por uma coisa tão triste? Sou formada em direito, tenho mestrado em Direitos Humanos. Tenho uma vida atrás disso. Sou apaixonada pelo Carnaval porque desfilo desde criança. Só resolvi falar porque fui à reunião da escola dos meus filhos e ficou aquele bochicho, as mães comentando, e pensei que deveria me defender. Eu me preocupei pelos meus filhos", desabafa.

Homenagem

Iwi Onodera/UOL
Renatta Teruel posa na Escadaria das Bailarinas, em São Paulo Imagem: Iwi Onodera/UOL
Teruel recebeu o convite da Unidos de Padre Miguel logo após a expulsão da Gaviões. De volta à Sapucaí, ela sambará no desfile em homenagem ao escritor e dramaturgo Dias Gomes (1922-1999): "Como Dias Gomes amava a Imperatriz e foi uma passagem importante da vida dele, venho representando a Imperatriz Leopoldinense".

A musa intensificou os treinos e pratica muay thai para aumentar a resistência na avenida. Adaptada à nova escola, Renatta está disposta a levar a Padre Miguel para o Grupo Principal do Carnaval carioca.

"É um casamento que deu certo. eles me receberam muito bem, tenho uma identificação com a escola muito grande. Virou mesmo uma relação de amizade com toda a comunidade, com a rainha, com a direção, com todo mundo. Estou muito feliz", comemora.

Mais Carnaval 2019