Topo

FAB abre investigação sobre acidente que matou Ricardo Boechat

Datena anuncia ao vivo morte de Ricardo Boechat

UOL Entretenimento
do UOL

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

2019-02-11T14:29:18

11/02/2019 14h29

A Força Aérea Brasileira já abriu investigação para apurar as causas do acidente de helicóptero que levou à morte do jornalista Ricardo Boechat nesta segunda-feira (11), aos 66 anos.

Em comunicado oficial, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou que o processo se encontra em fase inicial, com a perícia do local do acidente e a coleta de depoimentos.

Veja abaixo a nota oficial do órgão:

"Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), realizam a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG, que aconteceu nesta segunda-feira (11/02), em São Paulo (SP).

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram."

O acidente

O acidente ocorreu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. O helicóptero caiu sobre um caminhão por volta do meio-dia, logo abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco, na Grande São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, Boechat e o piloto da aeronave morreram na hora.

Âncora do Jornal da Band e da BandNews FM, Boechat teve passagens pelos principais jornais do país, como "O Globo", "O Dia", "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil".

O jornalista ganhou três prêmios Esso e foi o único a vencer em três categorias do Prêmio Comunique-se (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Também foi eleito o jornalista mais admirado na pesquisa do site Jornalistas&Cia em 2014, que elencou os 100 principais profissionais do mercado.

Mais Entretenimento