Topo

É Carnaval! Seis dicas para não passar perrengues nos bloquinhos

Rafael Roncato/UOL
Imagem: Rafael Roncato/UOL
do UOL

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/02/2019 04h00

Vai chegando o Carnaval, aumentam os números de casos de roubos e furtos. Por isso, é sempre bom ter bastante atenção e cuidado para evitar transtornos que podem estragar a sua festa. O UOL fez essa lista com seis dicas básicas para você curtir os bloquinhos com segurança.

Se liga na doleira


Ir para bloquinho sem porta-dólar é dar bobeira. Na bolsinha dá para colocar o dinheiro, a identidade e até o vale-transporte, e deixar tudo por debaixo do short. Há quem use também pochete, que serve ainda como acessório para compor o look carnavalesco. Com R$ 15, em qualquer feira ou em lojas populares, como as da 25 de Março, você compra um porta-dólar ou pochete.

Pra quê tudo isso?

Para o Carnaval, vale a lei do "menos é mais". A gente só leva o básico: documento de identificação, dinheiro para comer e beber e, se for o caso, vale-transporte e celular. Não adianta levar mais do que isso; nem tem pra quê. 

Sem sinal 

Sabe aquele aparelho celular que você não usa mais? Aquele antigo, que sequer tem câmera? Ele é ideal para levar no Carnaval em vez do smartphone. Coloca o chip, está novo. E caso você vá sair com muitos amigos, vale a pena combinar de apenas dois levarem celular. Aí, sempre que precisarem se dividir, deixa um deles em cada grupo, porque assim fica fácil de se comunicarem entre si.   

Segura esse copo

Aceitar bebida de estranhos é vacilo. É importante saber o que você está bebendo. Há casos de golpes 'boa noite, Cinderela', quando bandidos colocam drogas ou sedativos nas bebidas enquanto a pessoa não percebe para, em seguida, roubá-la. Por isso, também, não se pode perder de vista o copo - nem deixando em cima da mesa, por exemplo. 

Não vacila

Curtir o Carnaval sozinho deve ser um tanto chato. Mas andar sozinho na rua, em lugares escuros e sem ninguém, é ainda pior. Procure sempre passar por lugares movimentados, evitar caminhos escuros e pontos de ônibus vazios. Assim é mais seguro. 

Presta atenção

Vai usar cartão na rua? Presta atenção na hora de passar na maquininha. Conferir se o valor está correto é a lição básica. Também certifique-se que ninguém está vendo sua senha e prefira comprar de ambulantes credenciados.

Mais Carnaval 2019