Topo

Apresentadora norte-americana morre aos 26 anos de gripe suína nos EUA

Reprodução/CNN en Español
Apresentadora Bre Payton tinha 26 anos Imagem: Reprodução/CNN en Español

Do BOL, em São Paulo

05/01/2019 20h38Atualizada em 07/01/2019 10h21

Bre Payton, jornalista e comentarista de 26 anos, morreu em San Diego, nos Estados Unidos, em decorrência de gripe suína (H1N1), agravada por um quadro de meningite, de acordo com informações publicadas pela rede CNN en Español, neste sábado (5).

Especulou-se inicialmente que Payton era contrária às vacinas e que, curiosamente, havia morrido em decorrência de doenças para as quais existem vacinas. Isso porque ela havia publicado no Twitter, em 2011, que "vacinas eram do demônio". No entanto, o editor da revista "The Federalist", Benjamin Domenech, onde Bre Payton trabalhava, negou que a jornalista fizesse campanha antivacinas.

Em texto publicado no site, ele disse que o tuíte que Payton escreveu tinha como finalidade "zombar do seu estado natal, a Califórnia, onde estavam diminuindo as taxas de vacinação".

Payton fazia aparições regulares em veículos alinhados com o conservadorismo, como as redes FOX News, FOX Business Channel e One America News Network. Atualmente trabalhava na revista on-line conservadora "The Federalist", que confirmou a morte da jornalista inicialmente.

Payton foi encontrada "inconsciente, mas respirando", de acordo com a CNN. Foi levada ao hospital, mas não resistiu. Após a realização de uma tomografia computadorizada, os médicos diagnosticaram o quadro de H1N1 e meningite.

(Com informações do UOL)

Quer receber notícias de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite Notícias após acessar o Messenger. É muito simples!

Mais Entretenimento