Topo

Ex-vocalista de banda de Ximbinha diz que recusa no "The Voice" a ajudou

Reprodução/Instagram
Michele Andrade vê como positiva sua participação no "The Voice Brasil" Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

04/08/2018 04h00

Ex-vocalista da X-Calypso, Michele Andrade, 24, participou do "The Voice" de terça-feira (31) e não convenceu os jurados. Ninguém virou a cadeira durante as audições às cegas, mas engana-se quem pensa que a cantora desanimou. Pelo contrário.

"Depois desse episódio, já surgiram shows no Ceará, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e Bahia. Agora tenho até empresário", conta. Ela revelou que está de mudança para Fortaleza por causa do novo escritório.

Michele garante que não se sentiu frustrada com o fato de nenhum dos jurados ter se interessado por sua participação. "Nada na minha vida foi muito fácil, sempre enfrentei dificuldades e desafios. 'The Voice' foi uma etapa muito importante para o aprendizado e amadurecimento. Sonhei um dia pisar naquele palco e eu consegui", conta.

"O principal objetivo era estar ali. Não foi para virar a cadeira, não pensei nisso. Antes de subir naquele palco, a gente passa por várias seletivas, são mais de 2 milhões de inscritos, isso para mim foi um grande mérito e já me sinto campeã", completa.

Lulu Santos chegou a pedir perdão a ela por "não ter compreendido seu valor".

"O Lulu foi sensacional comigo. Ele falou: 'Não sei porque não virei para você', falou muita coisa bacana que não passou na TV. Fui muito acolhida pelo Tiago Leifert também, ele me deu conselhos, pediu para eu voltar no próximo ano."

Michele ganhou o primeiro violão do pai, seu principal incentivador. Célio Silva vende espetinhos na rua, em Barreiros, Pernambuco, e o sonho dela é proporcionar uma vida melhor para ele.

Reprodução/Instagram
O pai de Michele Andrade, Célio Silva, é vendedor ambulante de espetinhos e sonho dela é ajudá-lo Imagem: Reprodução/Instagram

"Ele sempre fez de tudo para que eu fizesse sucesso. Tudo o que consegui foi graças a ele, devo tudo ao meu pai e meu sonho é tirar ele de lá. Está muito perto, estou a um passo disso, graças a Deus."

A artista cantou durante três anos na banda Limão com Mel, onde ficou até 2016. Em 2017, ela entrou para a X-Calypso, depois da separação de Joelma e Ximbinha. "Foram cinco meses, mas o projeto a gente não deu start, ficou ali só na internet. Eu decidi sair por acordo, uma coisa interna. Não tive nenhum problema com o Ximbinha", diz.

Reprodução/Instagram
Michele Andrade canta desde os 13 anos Imagem: Reprodução/Instagram

O foco agora é a carreira solo, ela está empolgada com a projeção que ganhou no programa da Globo. Por enquanto, ela está deixando o novo empresário cuidar de sua carreira e diz que o cachê continua o mesmo. "'The Voice' é muito recente. Não posso começar cobrando muito, até porque foi só uma apresentação. Minha carreira solo de fato vai começar agora."

Mais Entretenimento