PUBLICIDADE
Topo

Diagnosticado com morte cerebral, bebê desafia a ciência e sobrevive

do BOL, em São Paulo

31/10/2015 13h49

Um bebê diagnosticado com morte cerebral quando tinha 3 semanas de vida, em decorrência de um estado avançado de meningite, continuou respirando após seus pais decidirem desligar os aparelhos que o deixavam vivo. O caso aconteceu na Inglaterra e foi publicado pelo Daily Mail.

A surpresa foi ainda maior quando Harrison "desafiou" os médicos, que informaram à família, após o "milagre", que o bebê não poderia andar, falar ou comer: a criança, hoje com 3 anos de idade, vive normalmente.

"Olhando para ele agora e vendo ele correr por aí, andando de bicicleta e lendo livros, é maravilhoso. Harrison é cheio de vida e não podemos acreditar em como temos sorte em tê-lo", disse Samantha, mãe do garoto, à reportagem do Daily Mail.

(Com informações do Daily Mail)

Entretenimento