Topo

Vencedor de leilão desistiu de virgem de Santa Catarina

A virgindade de Catarina Migliorini foi leiloada por US$ 780 mil - Reprodução/Virgins Wanted
A virgindade de Catarina Migliorini foi leiloada por US$ 780 mil Imagem: Reprodução/Virgins Wanted

do BOL, em São Paulo

15/08/2014 16h24

Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, o vencedor que arrematou a virgindade da catarinense Catarina Migliorini, então com 20 anos, desistiu do prêmio por causa "do comportamento e da atitude" dela. O desfecho polêmico foi citado no documentário "Virgins Wanted", que estreou na quinta-feira (14) nos Estados Unidos.

De acordo com o diretor da produção, o australiano Justin Sisely, Catarina - cujo nome verdadeiro é Ingrid - teria sido rude com o vencedor, que deu um lance de US$ 780 mil em 2012. A jovem conheceu o homem - um japonês que não teve a identidade revelada -  no restaurante de um hotel em Sidney, no fim de 2012.  Segundo Sisely, o vencedor ficou "chocado" com a postura dela. Catarina disse na época que havia desistido.

A catarinense nega a versão de Sisely. Em entrevistas recentes, ela disse que foi enganada pelo diretor, que não pagou os valores prometidos.

Além disso, Catarina também fez declarações sobre possível fraude: o vencedor do leilão, originalmente, era um homem de 53 anos, mas quem apareceu foi um rapaz de 21, dizendo que seu pai pagou a oferta vencedora. A Folha não conseguiu contato com ela e o diretor.

Assim como a catarinense, o russo Alexander Stepanov, 23, também participou do projeto. A virgindade do rapaz foi comprada - e consumada, segundo o filme - por uma australiana de 43 anos.

(Com informações do jornal Folha de S.Paulo)

 

Mais Entretenimento