Copa do Mundo 2018

"Voo da alegria" da CBF chega à Rússia em meio a crise com presidente

Mauro Pimentel/AFP
Coronel Nunes durante tour de imprensa na Granja Comary; cartola criou incidente com voto "errado" em Marrocos Imagem: Mauro Pimentel/AFP

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Sochi (Rússia)

14/06/2018 04h00

Pelo menos parte dos presidentes de federações convidados pela CBF para assistir aos jogos da Copa do Mundo chega nesta quinta (13), em Moscou. O desembarque acontece em meio à crise na entidade envolvendo o presidente Coronel Nunes, que descumpriu acordo com a Conmebol, votou em Marrocos na disputa pela Copa de 2026 e causou um incidente na entidade. O episódio deixa Rogério Caboclo, eleito para assumir a presidência da CBF em abril do ano que vem, em situação difícil, já que hoje ele não tem patente para repreender o comandante atual. Neste cenário, os representantes de federações estaduais, levados pela CBF apenas para curtir o Mundial, com passagens e estadias pagas, não encontrarão o clima de festa que esperavam.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor