PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Beija-Flor homenageará seus 70 anos e relembrará grandes desfiles em 2019

Neguinho da Beija-Flor e Laíla seguram o troféu da Campeã do Carnaval 2018 Beija-Flor de Nilópolis - Júlio Cesar Guimarães/UOL
Neguinho da Beija-Flor e Laíla seguram o troféu da Campeã do Carnaval 2018 Beija-Flor de Nilópolis Imagem: Júlio Cesar Guimarães/UOL
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

10/07/2018 18h23

A Beija-Flor, campeã do Carnaval 2018, anunciou, nesta terça-feira (10), o seu enredo para a disputa do bicampeonato. A agremiação de Nilópolis, que completará 70 anos em dezembro, fará um enredo autobiográfico, exaltando sua história e seus grandes Carnavais. O título é “Quem não viu vai ver... As Fábulas da Beija-Flor”.

Os trabalhos no barracão da escola, que perdeu o diretor Laíla para a Unidos da Tijuca, serão conduzidos pela Comissão de Carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco. A exemplo do último Carnaval, o coreógrafo da comissão de frente, Marcelo Misailidis, trabalhará em conjunto com este time.

Segundo o que foi divulgado pela escola, a ideia do enredo foi do presidente de honra, Anísio Abraão David, que vem, desde o ano passado, delegando mais poderes na organização do desfile a seu filho Gabriel David. A sinopse e a logo do enredo deverão ser lançadas nos próximos dias, assim como as regras para a disputa de sambas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Entretenimento