Carnaval 2018

Vila Isabel homenageará a cidade de Petrópolis no Carnaval 2019

Divulgação
Vila Isabel anuncia enredo para 2019 Imagem: Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

07/05/2018 10h46

Mais uma escola do Grupo Especial do Rio de Janeiro definiu seu enredo para o Carnaval 2019. Neste domingo (06), com a quadra lotada, a Unidos de Vila Isabel divulgou, em sua feijoada mensal, que apresentará um tema sobre a cidade de Petrópolis. Assinado pelo carnavalesco Edson Pereira, que faz sua estreia na escola, o enredo é intitulado “Em nome do pai, do filho e dos santos – a Vila canta a cidade de Pedro”. De acordo com o artista, é uma possibilidade da azul e branca se reconciliar com suas características. “Cheguei respeitando a história da Vila Isabel. Como artista, me adequei à essa realidade.  Quero fazer um Carnaval que o componente se identifique. A comunidade está feliz com o tema escolhido e temos tudo para retomar o caminho da escola”, afirma.

A Vila Isabel tem três títulos no Carnaval carioca – o último foi em 2013. E, desde que venceu pela derradeira  vez, sequer conseguiu chegar entre as seis primeiras colocadas. No Carnaval de 2018, mesmo tendo seu desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros, não passou do nono lugar. Para virar esta página, a escola aposta em uma nova proposta temática e visual. E Edson Pereira é um personagem importante nesta pretensão. Vindo de bons trabalhos no Grupo de Acesso com a Unidos de Padre Miguel, no último Carnaval conduziu a Viradouro à conquista que a recolocou entre as grandes.

Apesar de ser um tema sobre uma cidade, o carnavalesco afirma que o enredo não será patrocinado pela prefeitura de Petrópolis. “Conversamos bastante com o poder público, que apoiou a ideia, mas não patrocinará. Devemos fazer uma captação com a iniciativa privada, que mostrou-se bastante empolgada com a proposta”, explica o carnavalesco.

A sinopse a ser entregue para os compositores já está pronta e deve ser distribuída dentro de duas semanas. Mas Edson já adianta um pouco sobre o que a escola apresentará na Sapucaí. “Petrópolis é uma cidade importante para nossa história, principalmente pela ligação que ela tem com a Família Real. Evidentemente, teremos esse ligação com a nossa comunidade, já que nosso bairro tem seu nome em homenagem à Princesa Isabel. Teremos o encontro da Vila Isabel com a coroa da Família Real”, adianta o artista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor