Carnaval 2018

Após polêmica, prefeito confirma BaianaSystem no Carnaval de Salvador

Felipe Gabriel/UOL
O cantor Russo Passapusso, do BaianaSystem Imagem: Felipe Gabriel/UOL

Do UOL, em São Paulo

12/01/2018 12h18

O prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, anunciou oficialmente nesta sexta-feira (12) que a banda BaianaSystem vai tocar no Carnaval da cidade no Furdunço.

"Antes que alguém me pergunte, já vou responder. O BaianaSystem vai sair sim no Carnaval. A prefeitura nunca teve nenhuma restrição contra a banda no Carnaval e nós a procuramos para contratá-la", disse ACM Neto.

No final de dezembro, o cantor do BaianaSystem, Russo Passapusso tuitou reclamando que o grupo estava fora do Carnaval. Logo em seguida, o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, rebateu dizendo que as atrações ainda não tinham sido anunciadas e que só seriam reveladas depois, como de fato ocorreu.

"No ano passado deu confusão na saída do BaianaSystem porque teve também o cantor Léo Santana. Neste ano, fizems diferente. Também vamos reforçar o policiamento para garantir a segurança dos foliões", completou.

O prefeito já tinha adiantado na quinta-feira (11), durante a Lavagem do Bonfim que o BaianaSystem iria se apresentar. "A decisão foi minha de colocar", afirmou.

A polêmica em torno da banda ocorreu porque no ano passado, durante o Carnaval, o grupo entoou um coro de "Fora, Temer" e "Machistas, fascistas, não passarão". Na ocasião, o presidente do Conselho Municipal do Carnaval, Pedro Costa, disse que o ato era grave e poderia render uma punição à banda.

Salvador vai receber 770 mil turistas

ACM Neto também revelou alguns dados esperados para o Carnaval deste ano na capital baiana. A expectativa é que 770 mil turistas se desloquem para a cidade: 400 mil do interior da Bahia, 300 mil de outros estados e 70 mil estrangeiros, principalmente argentinos, franceses, chilenos, alemães e uruguaios. 

"Os números do setor hoteleiro apontam para uma ocupação 25% superior ao Carnaval de 2017. Sendo bem conservadores, deveremos ter uma ocupação dos leitos acima de 90%", anunciou o prefeito.

A movimentação econômica para a festa é de R$ 1,7 bilhão. Durante o Carnaval, os turistas nacionais gastam em média quase R$ 5 mil enquanto os baianos, R$ 1,7 mil. Já os turistas estrangeiros costumam desembolsar R$ 3,5 mil, analisou a prefeitura. Os gastos incluem passagem, hospedagem, vestimentas do carnaval, alimentação, bebidas, compras, transporte e outros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor